A série antológica do FX American Crime Story: Impeachment adicionou Edie Falco (The Sopranos) ao elenco. A atriz irá interpretar Hillary Clinton.

Esta temporada irá acompanhar o grande escândalo que acabou por afastar Bill Clinton da presidência dos EUA, mas desta vez a história será contada pela perspetiva das mulheres que estiveram envolvidas, nomeadamente Linda Tripp, Monica Lewinsky e Paula Jones. A narrativa terá como base o livro de Jeffrey Toobin intitulado A Vast Conspiracy: The Real Story of the Sex Scandal That Nearly Brought Down A President.

Além de Edie Falco, American Horror Story: Impeachment já tem confirmados Beanie Feldstein no papel de Monica Lewinsky, Sarah Paulson no papel de Linda Tripp, Annaleigh Ashford como Paula Jones, Clive Owen como Bill Clinton,  Margo Martindale enquanto a agente literária Lucianne Goldberg,  e Billy Eichner e Betty Gilpin no papel dos jornalistas Matt Drudge e Ann Coulter.

Esta 3.ª temporada de American Crime Story tem como guionista Sarah Burguess que será também a produtora executiva ao lado de Ryan Murphy e Sarah Paulson.  A ideia inicial era que a série chegasse aos ecrãs em setembro de 2020, no entanto, devido à pandemia de COVID-19, os planos alteraram-se. Neste momento a temporada não tem uma data específica de lançamento.

Edie Falco é uma veterana da televisão, sendo conhecida principalmente pelos seus papéis em The Sopranos e Nurse Jackie. Mais recentemente protagonizou o policial Tommy, cancelado após a primeira temporada, e num futuro próximo aparecerá no grande ecrã, na sequela de Avatar. Ao todo, Falco já recebeu 14 nomeações para os Emmys e 11 para os Golden Globes. Poderá este papel valer-lhe mais uma nomeação? Quanto a American Crime Story, a série arrecadou um total de 22 nomeações para os Emmys, vencendo nove, com a primeira temporada. Já a segunda, ficou-se pelas 19 nomeações e sete vitórias nos Emmys.