Nos últimos anos aumentou o número de atores e atrizes portugueses que participaram em séries estrangeiras. Temos veteranos como Joaquim de Almeida e alguns talentos recentes, uns mais conhecidos do que outros, mas todos deram o salto para produções fora do nosso país e levaram o nome de Portugal mais além. Vamos dar-te a conhecer (ou recordar) alguns dos trabalhos desses atores.

[Podes ver, nas hiperligações, vídeos de algumas das participações dos nossos atores nas séries em questão]

Alba Baptista: A jovem atriz de 24 anos começou no cinema, fez novelas na TVI, entrou também em várias produções da RTP e, em 2019, lançou-se lá fora com uma série da Netflix, Warrior Nun, onde é a protagonista. Ela dá vida a Ava, uma jovem que acorda numa morgue com uma nova vida e um artefacto divino nas costas. É assim que descobre que faz parte de uma ordem secreta ancestral que luta contra os demónios na Terra e acaba envolvida numa guerra entre forças poderosas do céu e do inferno. A série já garantiu a renovação para 2.ª temporada, mas ainda não há data de estreia. Vale ainda a pena mencionar que Alba já recebeu um prémio da Academia Portuguesa de Cinema e do Festival de Cinema Europeu Subtitle e que conquistou uma nomeação, na edição de 2019 dos Globos de Ouro portugueses, na categoria de Revelação do Ano.

Albano Jerónimo: O ator nascido em Vila Franca de Xira já conta com cerca de 20 anos de experiência no mundo da representação e um dos seus trabalhos mais recentes foi The One, da Netflix. A série baseia-se num livro de ficção científica com o mesmo nome, da autoria de John Marrs, e centra-se num grupo de cientistas britânicos que trabalham para o governo e descobrem uma forma de, através de um teste de ADN, se poder encontrar a pessoa por quem estamos geneticamente predispostos a apaixonar-nos. No entanto, a série mais sonante do currículo de Albano é Vikings, na qual o ator teve uma participação de dois episódios, na 5.ª temporada, interpretando o papel de Euphemius, um comandante siciliano. Antes disso, Albano já tinha sido convidado especial em Bella Block, uma série alemã, e na espanhola Los Serrano, de Álex Pina, a mente criadora de La Casa de Papel. Recentemente, foi também anunciado que o ator irá protagonizar a 2.ª temporada de El Presidente, uma série sul-americana da Amazon Prime Video passada no mundo do futebol e centrada na FIFA.

Beatriz Godinho: A jovem atriz ainda tem um currículo pequeno, mas já conta com um crédito além-fronteiras, depois de ter dado voz a uma personagem no 2.º episódio da 2.ª temporada da série Love, Death & Robots, onde também entra Miguel Amorim, outro ator português. Trata-se de uma série de animação para adultos em que cada episódio explora pequenas histórias com géneros que vão desde a ficção científica à fantasia, terror e até comédia. O episódio em que podemos ouvir Beatriz chama-se Ice e centra-se em dois irmãos que estão afastados de casa e se juntam a um grupo de miúdos locais numa corrida mortal.

Filipe Valle Costa: Gotham, Blue Bloods e Chicago Med são séries americanas bem conhecidas do público e nas quais o ator português fez participações especiais nos últimos anos. No entanto, o seu papel mais conhecido e de maior relevância é em Snowfall, onde integrou o elenco principal das duas primeiras temporadas. O seu papel é o de Pedro Nava, um traficante de droga mexicano que é primo de Lucia Villanueva, uma das personagens protagonistas. A trama explora o início da primeira epidemia de consumo de cocaína, em 1983, em Los Angeles, e o impacto que teve na cultura da cidade.

Hoji Fortuna: Foi ainda este ano que o ator luso-angolano fez a sua mais recente participação numa série estrangeira, a alemã Tribes of Europa, da Netflix. A trama começa a sua história com uma catástrofe global misteriosa que resultou numa Europa fraturada em inúmeros estados tribais, o que gerou uma guerra sangrenta que pode mudar o destino do continente. Antes disso, o ator já tinha feito pequenas participações em McMafia, Pan Am e An African City, uma série originária do Gana e que é descrita como uma espécie de Sex and the City. Trata-se de um original do YouTube e centra-se num grupo de cinco mulheres solteiras que voltaram a Acra, a capital ganesa, depois de terem vivido no estrangeiro durante a maior parte das suas vidas.

Joana Metrass: Em 2015, Joana juntou-se ao elenco da 5.ª temporada de Once Upon a Time, no papel de Guinevere. Parte da temporada é relacionada com a lenda do Rei Artur e a famosa espada Excalibur. Guinevere é uma mulher dividida entre o amor que nutre por Lancelot e o dever de rainha para com o seu rei e marido, Arthur, e o povo de Camelot. Foram oito os episódios da série em que a atriz participou e este é, para já, o seu único trabalho, em televisão, fora de Portugal.

Joaquim de Almeida: Este é, provavelmente, um dos atores portugueses mais conhecidos no estrangeiro e já há várias décadas que começou a fazer trabalhos lá fora. Um dos primeiros foi Nostromo, uma série que é uma produção conjunta britânica e italiana. Trata-se de uma adaptação do livro, com o mesmo nome, de Joseph Conrad. No entanto, foi já no século XXI que a presença do ator na televisão americana aconteceu em força. Houve participações em séries como 24, The West Wing, CSI: Miami, Crusoe, Parenthood, The Mentalist, Once Upon a Time, Bones, Revolution e Warrior Nun, muitas deles em papéis de vilões. O seu papel de maior destaque é, contudo, Queen of the South, onde dá vida a Don Epifanio Vargas, o marido de Camilla. Ele é o chefe do Cartel Vargas e foi candidato a governador no estado mexicano de Sinaloa. Participou num total de 24 episódios, entre as temporadas 1 a 3.

Lúcia Moniz: A cantora e atriz que todos sabemos que entrou em Love Actually, fez parte do elenco de uma comédia dramática canadiana chamada Living in Your Car, série que também contou com a participação de Ivo Canelas e Rita Pereira. Lúcia entrou em 13 dos 21 episódios no papel de Carol. Living in Your Car estreou em 2010 e centra-se nas aventuras de Steve Unger, um executivo que foi apanhado a violar a lei e que agora tem de reconstruir a sua vida, mas proibido de voltar a trabalhar com “o dinheiro das outras pessoas”. Assim, ele vê-se obrigado a dar aulas de Ética Empresarial e vai ter que viver no carro, visto que a mulher não o deixa voltar para casa.

Paulo Pires: O ator lisboeta integrou o elenco de White Lines, do criador de La Casa de Papel. A história da série começa quando o corpo de um DJ famoso é encontrado 20 anos depois do seu misterioso desaparecimento em Ibiza, fazendo com que a sua irmã vá à ilha, de forma a tentar descobrir o que aconteceu. Pires dá vida a George. Aliás, White Lines tem um elenco muito português, que conta também com Nuno Lopes e Rafael Morais. Não foi a primeira vez que Pires trabalhou com Álex Pina, visto que participou em três episódios de Los Serranos, série que teve uma adaptação portuguesa, Os Serranos, na qual Paulo viria também a entrar. Pouco depois, o ator voltou a integrar projetos espanhóis: Fuera de Control, uma série sobre os profissionais de um programa informativo diário, e Ellas y el Sexo Débil, uma comédia que é espécie de mistura entre Desperate Housewives e Sex and the City. O currículo de Paulo Pires lá fora só fica completo com Tita Cervera. La Baronesa, inspirada na vida de Carmen Cervera, uma miss de concursos de beleza que foi casada com um ator americano de nome Lex Barker. 

Sara Martins: A atriz nasceu em Portugal, mas foi para França quando ainda era muito novinha e a sua carreira foi feita sobretudo em terras de Napoleão, onde participou em séries como Pigalle, La Nuit, Détectives, Réunions (que já passou cá na RTP2), Grand Hôtel e Alexandra Ehle. Sara fez também parte do elenco de Death in Paradise entre as temporadas 1 e 4, tendo regressado na 10.ª por um breve período. A série é uma produção francesa e inglesa e no centro da trama está um polícia que vai para uma ilha caribenha investigar assassinatos. Ao longo das temporadas, o personagem principal vai mudando, dando lugar a outro. Sara dá vida à detetive-sargento Camille Bordey, que contracena com alguns dos protagonistas. Do outro lado do oceano, nos Estados Unidos, Sara marca presença em três episódios de American Odyssey, que foi cancelada pela NBC ao fim de uma temporada. A série foca-se numa equipa de soldados americanos em missão no Mali que descobrem que uma grande corporação do seu país estava a financiar um grupo de terroristas. Sara dá vida a Serena, a namorada de um traficante de drogas francês expatriado no Mali.

Diana Sampaio