Sugestão do mês (julho) – Arcane

Para o mês de Julho trazemos como sugestão Arcane, uma série Netflix de animação que estreou em novembro e foi um dos grandes fenómenos de 2021. Arcane pega na história de algumas personagens de um famoso jogo, League of Legends, e conta-nos, com uma mestria enorme e com uma animação inovadora, a história de Piltover e das suas personagens. E não precisas de ter jogado ou de gostar do jogo para conseguir apreciar Arcane. É uma história que transcendeu o jogo e conquistou fãs e não fãs, tendo arrecadado 9 Annie Awards.

A história foca-se em duas zonas, Piltover e Zaun. A primeira é rica, um ponto internacional da ciência e da descoberta. Na outra vive quem é pobre e tem que fazer pela vida. O contraste é impressionante e os seus habitantes odeiam-se mutuamente. Arcane traz-nos uma história mágica, bonita, interessante e repleta de surpresas. Uma constante foram as suas personagens, que conseguiram dar um caráter muito sólido a cada uma.

Conhece um pouco sobre os personagens principais:

Jinx – é baseada em Harley Quinn e tem a mesma vibe caótica e de destruição por onde passa, mas em Arcane temos a hipótese de conhecer uma versão mais nova de Jinx, quando cresceu em Zaun, e perceber o que a levou a tornar-se assim. É uma personagem que não é nem boa nem má, é caótica. Esta versão e interpretação é adorável e sofremos com ela.

Vi – Irmã de Jinx, Violet age sempre de cabeça quente e a sua confiança faz dela umas das personagens mais destemidas da série. Valoriza a família acima de tudo e isso nota-se bastante ao longo desta temporada.

Caytlin – É uma personagem ainda misteriosa ao longo desta temporada. As suas falas são muito diretas e a personalidade dela é bastante reservada. No entanto, a falta de justiça ou a busca por respostas fazem com que ela atue por conta própria.

Jayce – O menino bonito de Piltover é um pouco aborrecido quando a série começa, mas o caminho que leva torna o seu percurso interessante do ponto de vista moral, com os dilemas éticos que tem que enfrentar. A sua relação de amizade com Viktor é bonita.

Viktor – Uma das personagens mais misteriosas desta temporada. Inventor de profissão, Viktor trabalha com o intuito de melhorar as condições de vida das pessoas. No entanto, depois de descobrir que possui uma doença terminal, tem uma atitude egocêntrica que não é bem vista por toda a gente.

Ekko – Também um habitante de Zaun, começa por ter um papel mais pequeno, mas vai crescendo ao longo da série. Pode não ter tanto tempo de antena como outras personagens e não o exploramos muito, mas protagoniza um dos pontos altos da temporada.

O que faz desta uma série de sucesso?

Desde o primeiro episódio que é possível perceber o sucesso da série: a banda sonora, que conta com um original dos Imagine Dragons no seu genérico, uma computação gráfica excelente e referências claras (para quem conhece, claro!) aos personagens do jogo. Com tudo isto não podemos esquecer o mais épico: cenas de luta intensas que são acompanhadas por efeitos sonoros colocados exatamente nos momentos certos, transportando-nos diretamente para aquela cena repleta de adrenalina!

Além disso, o enredo conta com uma estória de família forte entre as irmãs Vi e Jinx, órfãs por causa da guerra, que se tornam inimigas com o passar dos anos. Mesmo acabando por ter outras tramas pelo meio, todo o enredo é relativamente simples e não obriga o espectador a conhecer previamente o mundo de League of Legends para entender a série. É isso mesmo que nos fascina: somos levados diretamente ao núcleo das questões, sem perder tempo com personagens irrelevantes ou cenas pouco importantes.

A série tem uma 2.ª temporada confirmada.

Publicidade

Populares

she hulk poster

Recomendamos