Sugestão do Mês (fevereiro) – You
| 01 Fev, 2023

Publicidade

A nossa sugestão deste mês de fevereiro é You, uma série que estreou em 2018 e que vai ter a sua 4.ª temporada disponível na Netflix em fevereiro. A primeira metade da temporada é lançada no dia 9 de fevereiro e a restante parte estreia a 9 de março, por isso é uma boa altura para começares a ver You.

Intrigante, cheia de suspense e com momentos cómicos à mistura

Protagonizada por Penn Bagdley, You foca-se na vida de Joe Goldberg, que começa a 1.ª temporada como o gerente de uma livraria onde acaba por conhecer o seu amor, uma aspirante a escritora de nome Guinevere Beck. Joe é um romântico por natureza, mas um tudo-nada controlador, especialmente se sentir que precisas da ajuda dele.

Adaptada a partir do livro com o mesmo nome, da autoria de Caroline Kepnes, You tem alguns dos traços que fizeram de Dexter um sucesso, especialmente no que diz respeito a Joe Goldberg, um sociopata com um discurso interior extremamente engraçado. Diria que um dos principais fatores que torna You um sucesso é mesmo os discursos e comentários do diálogo interior de Joe. O outro é o rápido ritmo, os episódios cheios de suspense e cliffhangers no final de quase todos.

Sem entrar em grandes detalhes, a série ainda melhora mais a partir da 1.ª temporada, especialmente devido a uma nova adição de grande qualidade ao elenco.

Um elenco com grande qualidade

You é em grande parte carregada por Penn Bagldey, mas nem por isso deixa de ter outros nomes que são muito importantes para o sucesso contínuo da série, que consegue chegar à 4.ª temporada num mundo onde muitas não estão a passar da primeira. Todos os atores conseguiram trazer o que era pretendido à respetiva personagem. Uma nota: uma destas participações é na 2.ª temporada, mas não entramos em detalhes. Contamos com nomes como Elizabeth Lail (Beck), Victoria Pedretti (Love) e Shay Mitchell (Peach), entre muitos outros.

Por exemplo, a personagem de Shay Mitchell, Peach Sallinger, é uma personagem que, por vezes, nos irrita, mas no sentido em que a personagem é mesmo suposto irritar e a certa altura damos por nós a torcer pelo sucesso de um sociopata e stalker. Nada disto seria possível sem um bom guião e sem um elenco que vista bem a pele das personagens.

Dexter, se o foco dele fosse o romance

No fundo, a série conseguiu trazer a nostalgia de Dexter – mais do que Dexter: New Blood – mas se o foco não fosse assassinar pessoas, mas sim encontrar o amor. Um dos pontos fortes é que Joe, independentemente de ações que faça, nunca para para pensar que está a fazer algo de errado. Encontra sempre justificação para fazer coisas que, muitas vezes, são incorretas. Mas vais dar por ti a torcer pelo seu sucesso uma grande parte do tempo.

Publicidade

Populares

estreias calendário séries março 2024

Recomendamos