Sugestão do Mês (março) – Yellowjackets
| 01 Mar, 2022

Yellowjackets é um drama original da Showtime e com a série a ter a sua estreia nacional no passado mês de fevereiro através da HBO Max Portugal, temos a desculpa perfeita para fazer desta a nossa sugestão do mês. A série, que segue uma equipa de jovens jogadoras de futebol feminino quando estas se tornam nas únicas sobreviventes de um trágico acidente de avião, compreende em si um conjunto de géneros, entre os quais, drama, mistério, terror e sobrevivência.

O mistério do que aconteceu naqueles meses na floresta mantém-se até hoje

We are what we pretend to be. So we must be careful what we pretend to be. 

Criado e produzido por Ashley Lyle e Bart Nickerson, o drama vê a duração dos seus episódios dividida entre duas linhas temporais, acompanhando os desafios vividos pelas personagens no ano de 1996 (o qual assinala a queda do avião) e, mais tarde, as terríveis consequências do acontecimento no dia a dia das sobreviventes, já em 2021. Deste modo, a série vai desvendando de forma gradual os mistérios que permeiam os 19 meses passados pelas Yellowjackets na natureza até ao dia do seu salvamento, assim como os segredos que teimam em não permanecer escondidos na floresta.

Não te acanhes pela sua categorização enquanto série de terror, porque Yellowjackets é muito mais do que isso. Apesar de se tratar da estreia de Lyle e Nickerson enquanto produtores, o drama tem sido bem recebido não só pelos críticos, como também pela audiência – e por boa razão! Independentemente da sua aura misteriosa e elementos declaradamente gráficos, a série acaba por se destacar pelo seu humor e carisma, os quais resultam de um emocionante trabalho conjunto entre argumentistas e elenco. 

Buzz, buzz, buzz

De entre os muitos membros que constituem as Yellowjackets, são quatro as personagens que possuem um maior destaque. Uma destas atletas é Shauna, interpretada por Melanie Lynskey enquanto adulta e Sophie Nélisse na sua versão adolescente. Shauna é uma jovem com sonhos e ambições que cresce e se torna numa dona de casa insatisfeita com a sua vida mundana. Após anos a viver sob a sombra de Jackie (Ella Purnell), a sua melhor amiga, Shauna sente-se incapaz de agir de forma genuína e procura encaixar-se na vida que dela é esperada.

Tawny Cypress e Jasmin Savoy Brown dão vida às versões adulta e adolescente de Taissa, respetivamente. Esta é uma personagem bastante motivada e ambiciosa, determinada desde jovem a vencer a qualquer custo. Em adulta, Taissa concorre a senadora estadual de Nova Jérsia, procurando balançar a sua carreira política com a vida familiar. A tarefa acaba por ser mais árdua do que o esperado, em especial quando os segredos da personagem ameaçam vir a público.

Também Natalie, uma jovem algo antissocial com um passado pesado e um vício perigoso, faz parte deste diverso grupo. Interpretada na sua vertente adulta por Juliette Lewis e em adolescente por Sophie Thatcher, Natalie abandona uma clínica de reabilitação e rapidamente se vê no meio de uma grande alhada. Com a ajuda das suas companheiras de sobrevivência e amigas improváveis, Natalie vê a vingança como sua missão de vida.

Por fim, este bando não estaria completo sem Misty, interpretada por Christina Ricci e Sammi Hanratty. Durante o secundário, Misty não teve qualquer tipo de destaque na equipa, servindo como gestora oficial dos equipamentos. Graças à sua personalidade algo peculiar, Misty sentia-se isolada do grupo, tendo o acidente servido como uma oportunidade para a jovem rapariga demonstrar a sua utilidade e ganhar assim algum reconhecimento por parte das suas colegas. Na idade adulta, Misty floresce enquanto master manipulator, apesar de trabalhar num lar de idosos enquanto enfermeira.

Um desafio improvável

Se a ideia de um grupo de raparigas forçadas a desenvencilhar-se no meio de nenhures te remete a algo, não te preocupes: é suposto que isso aconteça. Na verdade, Ashley Lyle partilhou em entrevistas que a inspiração por detrás de Yellowjackets surgiu após vários comentários indicarem que uma adaptação feminina de Lord of the Flies (1954), anunciada pela Warner Bros. Pictures, nunca iria resultar, uma vez que jovens e inocentes raparigas nunca seriam capazes de ser tão depravadas quanto os rapazes. Curioso, não achas?

Yellowjackets já tem uma 2.ª temporada confirmada.

Publicidade

Populares

Conversations With Friends

calendário estreias

new amsterdam 5 poster

Recomendamos