Sugestão do Mês (Novembro) – Orange Is the New Black
| 29 Out, 2013

OITNB
Todos os meses apresentamos uma série, a nossa escolha, seja pela qualidade dos episódios, dos actores, das emoções, dos grandes momentos, algo que nós achamos que merece estar no nosso refugiu das séries, a escolha deste mês vai para OITNB!

Orange Is The New Black é sem dúvida uma das melhores séries da actualidade, e por esse motivo mereceu, por unanimidade entre nós, o título de Sugestão do Mês de Novembro. (Salientamos também que é a primeira série à qual atribuímos tal título, pois é mais que digna dessa especial consideração!)

Prisão, lésbicas, bissexuais, transexuais, cozinheiras, sexo, yoga, autenticidade, emoções fortes e momentos inesperados e hilariantes, são algumas palavras e expressões que rapidamente se podem usar para tentar explicar toda a essência de Orange is The New Black (OITNB).

Mas, contextualizando melhor para quem não conhece, OITNB é uma série exclusiva da Netflix, que estreou em Julho de 2013, com 13 episódios disponibilizados de uma só vez pela Netflix, e que já foi renovada para uma segunda temporada a estrear em 2014.

A série, criada por Jenji Kohan, é baseada no livro de memórias, com o mesmo nome, de Piper Kerman. A Piper Kerman da vida real e do livro original, inspira e dá origem a Piper Chapman na série, e as outras personagens são baseadas nos relatos e vivências descritos na obra original.

Piper Chapman (Taylor Schilling) é uma mulher com uma vida estável, um noivo, Larry (Jason Biggs), com o qual tem uma relação sólida, até ser sentenciada a 15 meses de prisão, na penitenciária federal para mulheres de Litchfield por, 10 anos antes, ter transportado dinheiro de drogas para uma traficante de drogas com quem Piper se envolvem amorosamente, Alex Vause (Laura Prepon).

A série começa neste momento, em que Piper se prepara para dar entrada na prisão federal, não estando à espera de nada do que lhe vai acontecer lá, nem das personagens que por lá vai encontrar.

Por falar nisso, fiquem então a conhecer brevemente algumas das principais personagens de OITNB:

xbjnc3a3
Piper Chapman (interpretada por Taylor Schilling) assume o papel central da série, ao tentar integrar-se na hierarquia da prisão e ao ter que lidar com a presença da sua ex-namorada, envolvendo-nos num ambiente de drama e comédia único.

Piper é uma mulher bonita e inteligente que não está de todo preparada para a prisão, ao longo da série a personagem presenteia-nos com o drama quer no que concerne à sua adaptação à prisão quer ao dilema noivo/ex-namorada. No entanto, ao longo de toda a série o drama é intercalado pela comédia inerente à tentativa de adaptação da personagem, que acaba por se envolver nas mais surreais encrencas.

É uma personagem da qual é fácil não gostarmos inicialmente mas com o avançar da série o difícil é não nos apaixonarmos e rapidamente nos sentirmos integrados nos seus dilemas. Nem sempre é a personagem mais decidida, e por vezes as suas decisões não coincidem com o expectável.

laura-prepon-orange-is-the-new-black
Alex Vause (interpretada por Laura Prepon) é uma personagem-chave em Orange Is the New Black e a culpada por Piper ter sido presa e alguns flashbacks elucidam-nos sobre o passado das duas.

A personagem nasceu e cresceu num meio pobre, o que lhe valeu maus-tratos na escola. Na prisão mantém um comportamento low-profile, mas não permite que se metam com ela. Um pormenor engraçado sobre ela é que anda muitas acompanhada de um livro, portanto sabemos que gosta de ler. Tem uma boa relação com Nicky e é uma personagem bastante interessante. Comete erros, mas apesar disso é fácil de gostar dela, tanto por aquilo que vemos na prisão como no passado.

jason-biggs-orange-is-the-new-black
Larry Bloom (interpretado por Jason Biggs) é o noivo de Piper, uma das únicas personagens que não está na prisão. É um bom namorado, esteve sempre lá para Piper quando descobriu o seu passado e que ela iria para a prisão e continuou a fazê-lo já no período em que ela está presa. No entanto, é aquilo a que se calhar podemos chamar uma personagem aborrecida e não é difícil imaginar a maior parte dos fãs da série a torcer para que não fiquem juntos. No entanto, ele acaba por ter um papel ingrato na vida de Piper, porque por muito que esteja “presente” para ela, nunca esteve preso, não sabe o que isso é e, de certa forma, estará sempre na sombra de Alex.

nicky-nichols
Nicky Nichols (interpretada por Natasha Lyonne) é o tipo de pessoa de quem a maioria de nós se aproximaria se fosse para a prisão porque se há coisa de que Nicky se pode gabar é de ser uma presença agradável.

Nicky cresceu numa família abastada, mas acabou por se envolver no mundo das drogas e por isso acabou na prisão. Lá, tornou-se uma das protegidas de Red, uma mulher mais velha em quem viu uma figura maternal, uma vez que nunca teve uma boa relação com a própria mãe. Além disso, Red ajudou-a a livrar-se do vício da droga e também por isso Nicky leva muito a sério o manter-se na linha para não desiludir aquela que se tornou a sua ‘mãe’.

É uma personagem bastante engraçada. A maneira de falar e a própria aparência com um cabelo ondulado selvagem e despenteado contribuem para dar um ar ‘cómico’ à personagem.

taryn-manning-orange-is-the-new-black
Tiffany ‘Pennsatucky’ é uma jovem problemática que se tornou evangélica e cujo fanatismo religioso a faz acreditar capaz de curar as pessoas com o poder do espírito santo. Esta personagem, no mínimo caricata, vai acabar por assumir um dos papéis de maior relevo na primeira temporada da série. Fisicamente a Tiffany está muito bem representada onde a clara falta de dentes é um traço caraterístico da personagem assim como o seu constante ar alucinado. Esta personagem tem tanto de cativante/único como de irritante, deixando-nos com uma fabulosa relação de amor/ódio com a personagem.

zzz
A série conta ainda com um grupo diverso de personagens cujo maior ou menor impacto na história diverge de episódio para episódio.

Red é uma russa responsável pela cozinha e considerada a “mãe” das prisioneiras.

Crazy Eyes é uma das personagens mais estranhas da série cujo comportamento é totalmente desajustado e imprevisível.

Pornstache, isto é, o Oficial Mendez, é um policia que abusa frequentemente da sua autoridade para vender drogas, perseguir e coagir favores sexuais das reclusas.

Miss Claudette é a colega de quarto de Piper, é altamente rigorosa e uma das prisioneiras mais temidas.

Podemos ainda contar com as sensacionais Taystee e Poussey, cujo bom humor frequente é o responsável por muitas das gargalhadas ao longo da série. E Sophia, a estilista, esteticista e cabeleireira transexual da penitenciária.

Esta prisão conta com muitas mais personagens cada uma única e sem dúvida imperdível!

Existem grandes momentos na série, fiquem com alguns:

Um dos momentos que deixou, provavelmente, toda a gente de boca aberta e com dificuldade em respirar (tal era a tensão dramática) foi este confronto final entre a Pensatucky e a Chapman.

As pessoas da prisão não são apenas vizinhas de corredor, são família. A protecção de algumas pessoas, especialmente no que toca a situações pelos quais já alguém passou, é algo que surge de forma natural.
E quando não se consegue, apesar de todos os esforços, prevenir um final trágico, surgem cenas bastante dramáticas em OITNB.

A solitária (SHU) é um lugar para ser levado a sério. Não há privação apenas de companhia mas de todo um senso de liberdade, conforto, higiene e respeito.
Quando a Chapman foi para a SHU, não foi ela apenas que vimos, foi algo bastante mais pesado e triste.

Fiquem ainda com as curiosidades da série: http://www.seriesdatv.pt/especiais/curiosidade-oitnb/

Publicidade

Populares

heartstopper

westworld poster

Recomendamos