7 razões para ver… Resident Alien
| 25 Fev, 2022

Adaptada da banda desenhada, Resident Alien segue a história de um extraterrestre que se despenhou na Terra e que, sem conseguir regressar ao seu planeta, acaba por roubar a identidade de um médico de uma pequena cidade do Colorado. Para acompanhar a estreia da 2.ª temporada de Resident Alien no próximo dia 28 de fevereiro, no Syfy Portugal, fica com sete razões para ver a série.

resident alien vídeos posters

1 – Uma série multi-géneros

Resident Alien é uma série que não tem um género bem definido e isso é um ponto a seu favor, porque pode agradar a vários tipos de espectadores. É uma série de ficção científica, mas é passada na Terra e não é excessivamente sci-fi, tirando pequenos detalhes alienígenas e, claro, o protagonista ser um extraterrestre. Também pode ser considerada uma série policial, pois existe o mistério de um assassinato para desvendar, ou até uma série médica, quando Harry tem que dar consultas aos pacientes do corpo de quem se apoderou. Por fim, mas não menos importante, é uma comédia que proporciona bons momentos de diversão.

resident alien syfy portugal

2 – Alan Tudyk como Harry

Alan Tudyk nunca desilude nos seus papéis, mas depois de o ver a interpretar Harry não é possível imaginar outro ator a fazê-lo, tal como neste momento é difícil imaginar Tudyk noutra personagem. Todo o processo de adaptação do extraterrestre ao seu novo corpo humano, desde a aprendizagem da nossa língua, às expressões faciais, à forma como andamos e como nos comportamos… Tudo é concretizado pelo ator na perfeição.

3 – O sentido de humor

É óbvio que o humor é algo subjetivo e que este possivelmente não agradará a quem acha piada aos habituais sitcoms com risos de fundo, mas Resident Alien oferece momentos hilariantes que muitas das séries classificadas como comédia não conseguem ter. Nota-se bem que o elenco se diverte nas filmagens e isso é transmitido em pleno para o ecrã. Para além disso, existem várias cenas engraçadas improvisadas, depois de Chris Sheridan, o criador da série, ter dado carta branca aos atores para o fazerem.

2ª resident alien

4 – A química do elenco

Não é totalmente fora do habitual ver personagens numa série que simplesmente encaixam entre si, mas Resident Alien consegue o feito de apresentar uma forte química entre o elenco principal quase todo, o que demonstra bem a qualidade na sua escolha. As cenas entre Harry e o pequeno Max (Judah Prehn), o único ser humano que consegue vê-lo com a sua verdadeira pele de extraterrestre, são fantásticas. Os dois começam como inimigos, mas vão evoluindo para algo mais simpático e tolerante. Além do mais, Sahar (Gracelyn Awad Rinke), a amiga de Max, consegue ser a voz da razão entre ele e Harry. Os dois membros da polícia local, Liv (Elizabeth Bowen) e Mike (Corey Reynolds), também são bastante cómicos e as cenas em comum funcionam muito bem. Sem esquecer a amizade entre Asta (Sara Tomko) e D’Arcy (Alice Wetterlund), que fazem jus ao termo melhores amigas.

resident alien

5 – A componente humana

Apesar de ter chegado com a missão de matar todos os humanos, o plano maquiavélico de Harry começa a ir por água abaixo quando, aos poucos, vai desenvolvendo emoções humanas e cria amizades. O dilema de Harry acerca da sua missão e se os humanos merecem ser salvos é elevado para uma novo patamar na 2.ª temporada da série, com a possível ameaça de outros extraterrestres seus conterrâneos aparecerem na Terra para terminar o trabalho que Harry não realizou.

6 – Plot twists

Sem entrar em spoilers para não estragar a experiência, Resident Alien está repleta de pequenas surpresas e reviravoltas que fazem querer ver episódio após episódio. Penso que esta é daquelas séries em que tudo pode acontecer, quer estejamos preparados ou não, e este facto pode ser um pouco libertador se considerarmos a quantidade de enredos cliché com que somos bombardeados na maioria das séries.

7 – Mini-reunião de Firefly

Durante a série, Harry cruza-se com um polvo num restaurante, cuja voz pertence a Nathan Fillion, o que cria uma pequena reunião de Firefly. Com a experiência de Tudyk como voice actor, a ideia inicial do criador seria que Tudyk desse a voz ao polvo, numa voz diferente da de Harry, mas Tudyk acabou por sugerir Fillion para o papel.

E tu, que estás à espera para começar a ver Resident Alien? Não percas a estreia da 2.ª temporada no Syfy Portugal!

Publicidade

Populares

minx sugestão

1ª temporada Quién Mató Sara

Recomendamos