The Walking Dead – 06×14 – Twice as Far
| 25 Mar, 2016

Depois de um episódio focado na Carol e Maggie, Twice as Far é focado em dois grupos. O primeiro, constituído por Abraham e Eugene, que vão procurar um local para produzirem munições; e o outro, por Daryl, Rosita e Denise, que vão em busca de medicamentos.

Ab e Eugene chegam a uma fábrica, onde Eugene revela o seu plano, transformar aquela fábrica numa fábrica de munições. Abraham aplaude a ideia de Eugene, mas acabam interrompidos por um walker. Abraham avança para o matar e Eugene impede-o, dizendo que aquele walker é dele. Eugene acerta-lhe na cabeça, mas sem efeito, o walker tem uma espécie de capacete derretido, o que o torna mais difícil de matar. Tenta uma segunda vez e volta a não ter sorte na execução; Abraham, ao ver que Eugene é incapaz de matar este walker, decide matá-lo, o que desencadeia uma discussão entre ambos. Eugene diz que já não precisa dos serviços do Abraham para se manter seguro e Ab vai-se embora, deixando Eugene sozinho.

No outro grupo, os desentendimentos começam mais cedo, quando a meio do caminho se deparam com uma árvore caída a cortar a estrada e se vêem obrigados a seguir a pé. Rosita quer ir pelos caminhos de ferro, dizendo que ao seguirem por aquele lado a viagem será mais curta. Daryl discorda e segue pela estrada fora.

Já na farmácia, Denise tem um momento de coragem e tenta matar um walker sozinha, mas ao ver como o pobre coitado está, não consegue e foge para a rua, enquanto segura um porta-chaves com o nome Dennis, o nome do seu irmão gémeo.

Quando estão de regresso ao carro para voltarem a Alexandria, Denise volta a ter mais um momento de coragem. Ao passarem por uns carros abandonados, ela vê uma geleira que quer inspecionar, mas dentro desse carro está uma walker. Daryl diz-lhe que não vale a pena, mas Denise não lhe dá ouvidos e quase é mordida pela walker, por sorte consegue matá-la e inspecionar a geleira.

Enquanto Denise explica o porquê das suas ações e de ter saído com Rosita e Daryl para irem à farmácia, uma flecha atravessa-lhe o olho, matando-a. É Dwight, aquele que roubou a mota ao Daryl nuns episódios atrás, juntamente com um grande grupo de saviors. Com eles está Eugene, que foi capturado.

Eugene arma uma pequena distração, revelando que Abraham está escondido, fazendo com que alguns saviors inspecionem o local; Eugene morde sem piedade alguma Dwight na zona dos genitais, dá-se uma troca de tiros entre os saviors e os nossos personagens, Dwight acaba por fugir, mais uns saviors, e Eugene foi baleado.

De regresso a Alexandria, Eugene está estável na enfermaria e descobrimos que Carol deixou uma carta a Tobin, trata-se de uma carta de despedida, onde ela diz que não pode amar ninguém, porque não aguenta matar mais, e que vai embora, como já devia ter feito há muito.

Não se tratou de um episódio fantástico, mas também não foi mau de todo. Aos poucos vamos percebendo a força e frieza de Negan e dos seus saviors, que estão dispostos a matar sem mais nem menos.

NOTAS:

  • A morte da Denise veio substituir a morte de Abraham, que nas comics morre da mesma maneira que Denise;
  • Carol foi-se embora e pede para que ninguém vá atrás dela, mas será que Daryl vai ficar de braços cruzados?
  • Dwight tinha parte da cara queimada, mais uma vez pudemos observar aquilo que Negan é capaz de fazer aos seus próprios homens. Rick e companhia não sabem onde se estão a meter…

João Montez

Publicidade

Populares

heartstopper

westworld poster

Recomendamos