The Walking Dead – 06×13 – The Same Boat
| 16 Mar, 2016

Este episódio começa exatamente onde ficámos no último, Not Tomorrow Yet, onde podemos ver o que aconteceu com Carol e Maggie, quem as capturou, quantos são e o que querem delas.

Tudo começa quando Carol atinge no braço um savior no meio da floresta, quando Maggie vai para terminar o que Carol começou alguém a ameaça que, se ele morrer, a Carol morre também. Elas são capturadas, colocam-lhes sacos de pano na cabeça para que não possam ver para onde vão e seguem floresta fora. Enquanto caminham pela floresta, Carol vai deixando marcas com os pés, para que Daryl as consiga encontrar.

São levadas para uma “safe house” dos saviors, Carol começa a hiperventilar, agarra num terço e pede para que não façam mal à Maggie nem ao bebé. Com esta jogada, os saviors ficam a pensar que elas são fracas e não têm grandes razões para se preocuparem.

Num episódio focado nas mulheres, dos quatro saviors que capturaram Maggie e Carol, três são mulheres: Paula, Molly e Michelle. Carol continua a fazer o seu papel de fraca, fala da violência doméstica que sofria de Ed, mas Paula não quer saber o que Carol diz.

Paula cede e combina a troca com Rick, mas percebe que Rick está demasiado perto e chama um grupo de apoio para garantir a sua segurança. Enquanto deixam Carol e Maggie sozinhas, estas libertam-se e fazem uma armadilha com o outro savior que perdeu muito sangue, acabou por morrer e tornou-se num walker. Molly cai na armadilha, morre e Maggie e Carol fogem da sala onde estavam.

Paula consegue alcançá-las, Carol hesita em matá-la e por pouco não é mordida por um walker. Maggie luta com Michelle, que tenta ferir Maggie na barriga. Esta acaba por ser salva por Carol, que lhe dá um tiro sem pestanejar, enquanto Paula se ri dela. Têm uma pequena luta e Paula acaba espetada numa estaca de madeira e mordida por um walker. Quando o grupo de apoio chega, Carol diz para se encontrarem na sala de abate, onde preparam uma pequena armadilha. Quando os saviors chegam, não está lá ninguém, mas Carol aparece e atira um cigarro para o chão, cheio de gasolina, e fecha a porta, queimando-os vivos.

Maggie e Carol vão em direção à saída e ao abrir a porta encontram Glenn, Rosita, Daryl, Gabriel e Rick, que leva com ele Primo, o savior que tentou escapar de mota no último episódio. Rick questiona-o onde arranjou a mota, ao que Primo insiste que a encontraram. De seguida Rick pergunta se Negan estava noutro edifício ou naquele onde estão agora. Primo responde: “Em ambos. Eu sou o Negan”, e diz que têm muito que falar. Rick dá dois passos para trás, aponta-lhe a arma, diz lamentar ter chegado a isto e dispara. A câmara foca Carol, que fica incrédula com a frieza de Rick, acabando assim o episódio.

Não foi um episódio com muitos desenvolvimentos na história, foram cerca de 40 minutos focados na Maggie e na Carol, mas conseguimos descobrir um pouco mais sobre Negan. Os seus saviors, quando questionados sobre Negan, todos respondem que eles são o Negan. Ficámos também a saber que a comunidade de Negan está dividida em vários grupos e que quem não cumpre as regras, é severamente castigado como aconteceu com Michelle, por ter roubado gasolina para procurar o namorado.

NOTAS:

  • Estará Carol a cair em si? E a sentir-se culpada por todas as mortes que tem em mãos? Estará Carol a enfraquecer?
  • Mais dois grupos de saviors mortos pelo grupo do Rick. Estará Negan a ficar sem homens?

 

João Montez

Publicidade

Populares

heartstopper

westworld poster

Recomendamos