The Walking Dead – 06×03 – Thank you
| 28 Out, 2015

SPOILER ALERT:

Enquanto o episódio passado esteve focado em Alexandria, neste voltámos à estrada e ao plano de Rick para levar os walkers para longe dali.

Começamos com o grupo de Rick e alguns “alexandrinos”a fugirem dos walkers, pelo meio da floresta, em direção a Alexandria e o Rick sendo o Rick, resolve separar-se do grupo e seguir sozinho por outro caminho (tentando manter a vantagem de seguir à frente da “avalanche” de walkers), mas antes de se ir embora chama à parte a Michonne e o Glenn e diz-lhes para tentarem salvar os “alexandrinos”, mas quando estes os começarem a atrasar, devem abandoná-los.

E é isto que eu acho maravilhoso nesta série, porque nós que seguimos este grupo há tanto tempo sabemos que é o que faz sentido, por muito frio e desumano que pareça, porque é vivendo seguindo esta filosofia de vida que eles se têm safado e está tudo isto bem resumido quando a Michonne diz: “Vocês nunca estiveram realmente lá fora! Nós estivemos! Por isso, até terem estado lá fora, a vossa opinião não é válida”. Assunto encerrado!!!!

O grupo chega então a uma pequena cidade, que o Nicholas conhece bem, pois foi aí que ele abandonou o seu antigo grupo à sua sorte, o que não ajuda ao seu já débil equilíbrio mental.

As coisas estão complicadas e o Glenn elabora um plano que insiste que deve ser levado a cabo por ele e o Nicholas que continua a querer redimir-se e ser uma melhor pessoa junta-se a ele. O plano consiste em incendiarem um edifício para distrair os walkers que se dirigem para Alexandria, mas tudo corre horrivelmente mal e vêm-se encurralados em cima de um contentor de lixo e rodeados de walkers.

Apesar do esforço do Glenn para o Nicholas se manter calmo, este entra em pânico, olha para o Glenn, diz “Thank You” e dá um tiro na cabeça. Ao cair, arrasta o Glenn para o mar de walkers que os rodeia e esta foi uma das cenas que mais me custou ver nesta série, pois vemos o Glenn a ser devorado pelos walkers, as suas entranhas a serem arrancadas e sangue por todo o lado. É uma cena espetacularmente bem coreografada, em que o próprio Greg Nicotero não querendo deixar nada ao acaso, está presente como um dos walkers, pois queria que esta cena específica ficasse da maneira como ele tinha idealizado.

É doloroso de se ver e fiquei em choque pois não só o Glenn está na série desde a 1.ª temporada como companheiro do Rick, como é um personagem muito querido, pensando sempre no bem estar dos outros, corajoso e genuinamente bom no seu interior.

Quanto ao Nicholas, não acho que tenha sido um cobarde, desde o final da temporada passada ele tentou sempre ser como o Glenn e ser uma pessoa melhor e contribuir, mas nesta situação finalmente aceitou o seu destino e não querendo tornar-se um walker fez o que provavelmente qualquer um de nós faria.

Entretanto o Rick consegue chegar à caravana, mas é atacado e só a muito custo consegue safar-se e fica ferido numa mão.

O Daryl separa-se do Abraham e da Sasha e segue em direcção a Alexandria, vemos ainda a Michonne, Heath e o outro sobrevivente chegarem a Alexandria e por último vemos o Rick desesperado porque a caravana não pega e está a ficar rodeado de walkers.

Mas não vai ser no próximo episódio que vamos ter respostas e vamos ver o desfecho de toda esta situação, porque o episódio vai ser só sobre o Morgan. OH AGONIA!!!!!!

Numa coisa o Rick Grimmes está certo, confiar nos outros e querer salvar toda a gente só vai fazer com que muito provavelmente morras! E o Glenn pagou esse preço.

NOTAS:

  • Será que o Glenn morreu mesmo? Não poderia ser o Nicholas que está a ser despedaçado, enquanto o Glenn ficou por debaixo do corpo deste? Aqui residem muitas dúvidas (mas para saberem as várias teorias sobre se o Glenn está ou não morto, não deixem de ler o artigo especial do Séries da TV).
  • O Rick está ferido numa mão, resta saber se foi mordido ou se é apenas sangue.
  • E por falar em Rick, como é que ele se vai safar de tantos walkers?

Alexandra Leite.

Publicidade

Populares

calendário estreias

his dark materials

Recomendamos