Glória e Pôr do Sol, os grandes sucessos nacionais do ano, vão ter direito a painéis na Comic Con Portugal, no dia 11 de dezembro.

O painel da primeira série original portuguesa da Netflix vai contar com o produtor José Amaral, o autor Pedro Lopes, os atores Miguel Nunes, Afonso Pimentel e Maria João Pinho. Glória trata-se de um thriller de espionagem sobre a RARET, o maior posto emissor da Rádio Europa Livre. A trama transporta-nos para o Portugal dos anos 60, em Glória, no Ribatejo, e descreve como essa pequena vila se tornou um improvável palco da Guerra Fria, onde forças americanas e soviéticas se enfrentavam em perigosas manobras de sabotagem para ganhar o controlo da Europa.

Por sua vez, o painel de Pôr de Sol vai ser constituído por Diogo Amaral, Cristóvão Campos, André Pardal e Madalena Almeida, sem esquecer Toy, que aparecerá através de videoconferência, e os moderadores Vasco Palmeirim e Fernando Alvim. A aposta da RTP1 é uma mininovela que satiriza precisamente todos os estereótipos presentes nas novelas tradicionais.

Esta edição do evento, que decorre de 9 a 12 de dezembro, no Parque das Nações, em Lisboa, tem regras novas devido à pandemia. O uso de máscara é obrigatório para maiores de 10 anos, o distanciamento físico deve ser respeitado e há vários pontos para higienização das mãos espalhados pelo recinto). Para entrar no evento, os visitantes têm de apresentar um teste rápido antigénio negativo que tenha sido realizado nas últimas 48 horas ou então um teste RT-PCR negativo feito nas últimas 72 horas, mesmo para pessoas vacinados.