Sugestão do Mês (janeiro) – A Discovery of Witches
| 01 Jan, 2022

A 3.ª e última temporada da série A Discovery of Witches chega aos ecrãs nacionais no dia 7 de janeiro de 2022. Como tal, o Séries da TV elege-a como a sugestão do primeiro mês do novo ano, despertando a curiosidade de novos espectadores com algumas características desta produção televisiva de fantasia, originalmente emitida pela Sky One, no Reino Unido.

A noite de todas as almas

It begins with absence and desire. It begins with blood and fear. It begins with a discovery of witches.

Adaptada diretamente da trilogia The All Souls da autora Deborah Harkness, A Discovery of Witches (ou na adaptação portuguesa – A Noite de Todas as Almas) é um romance histórico passado nos dias de hoje que nos envolve num mundo de fantasia, bruxaria, vampiros e outros monstros que tais. Diana Bishop (Teresa Palmer) é uma historiadora descendente de bruxos que renegou as suas raízes, mas não renegou o mistério que a envolveu nas aventuras mais entusiasmantes: os segredos que contém o livro Ahsmole 782 não lhe saem da cabeça e a sua vida muda completamente quando o enigmático Matthew Clairmont (Matthew Goode) se oferece para a ajudar. Diana descobre que Matthew é um vampiro milenar e não é que as bruxas e os vampiros são inimigos naturais?

Numa primeira impressão, A Discovery of Witches pode ser confundida com mais um cliché típico de bruxos e vampiros, mas entre ser uma adaptação literária bem recebida pela comunidade e a preocupação com a caracterização das personagens, bem como a química entre as personagens principais resultam numa série bastante apelativa e consistente para quem gosta do mundo de fantasia.

A bruxa, o livro e o vampiro

Diana é uma historiadora de renome descendente de progenitores bruxos, que se tornou órfã aos sete anos de idade e foi criada pela sua tia Sarah (Alex Kingston) e a sua esposa Emily (Valarie Pettiford). O trauma que lhe deixou a forma como perdeu os pais fez com que Diana optasse por rejeitar as suas raízes mágicas e tentasse passar despercebida entre o comum dos mortais. Diana dedica-se ao estudo da história e, no meio das suas pesquisas na Universidade de Oxford, onde trabalha, depara-se com um manuscrito de alquimia que, até então, se tinha dado como perdido no tempo: o livro Ashmole 782. Diana é a primeira pessoa a ver o manuscrito que se pensava estar eternamente desaparecido, manuscrito esse que atrai toda e qualquer criatura, demoníaca ou não, pelo poder que emana. É esta pesquisa que leva Diana por uma montanha-russa que lhe irá mudar a vida.

Matthew é um vampiro com 1500 anos. Interpela Diana quando esta descobre o manuscrito e, na falácia de oferecer a sua ajuda para conseguir acesso ao livro, vai ficando cada vez mais próximo da historiadora.  O vampiro sabe que Diana é descendente de uma poderosa família de bruxos, comprovado pelo facto de ela ter conseguido invocar o livro mesmo sem querer. Juntos irão enfrentar uma amálgama de desafios enquanto estiverem na posse do dito manuscrito.

Uma base literária consistente

A série é filmada em Gales do Sul, no País de Gales, e conta, na sua produção, com a participação ativa da autora da saga Deborah Harkness. Harkness tem estado envolvida em todos os aspetos da série e, inclusivamente, tem poder decisivo sobre as alterações que são feitas em prol do desenrolar da ação desta produção televisiva.

Os livros que dão vida a A Discovery Of Witches são três e dão-se pelos títulos A Discovery of Witches, Shadow of Night e The Book of Life. Dentro do mesmo universo, a autora ainda lançou Time’s Convert, que está situado temporalmente após os acontecimentos que se desenrolam na trilogia.

A série pode ser vista na íntegra na HBO Max Portugal sob o título A Noite de Todas as Almas.

Publicidade

Populares

Conversations With Friends

calendário estreias

new amsterdam 5 poster

Recomendamos