Classificação

1
Interpretação
1
Argumento
4
Realização
5
Banda Sonora

[Não contém spoilers]

É suposto as séries de comédia não fazerem rir, certo? Então Kenan tem um pilot muito bem conseguido. Agora se era suposto ser divertido ou fazer-me esboçar um sorriso (já nem falo em rir mesmo) então foi um tiro tão ao lado que o melhor é ir ver se acertou na minha vizinha. Kenan traz-nos mais uma pseudo comédia, com o seguinte argumento: um pai de duas filhas fica viúvo e tem que lidar com a sua vida após a morte da sua  mulher.

Ora, parece-me que alguém andou a ver After Life, mas ficou apenas pela sinopse e não percebeu que After Life é um tipo de comédia especial, depressiva e que traz tanto gargalhadas como lágrimas. Depois de lerem a sinopse, decidiram fazer um conceito parecido, mas com aquele nível de comédia barata. O resultado? Estive mais perto de chorar do que de rir, mas não foi de chorar pelo enredo, foi mesmo por estar a perder 20 minutos da minha vida a ver aquilo. Neste primeiro episódio vemos Kenan (interpretado por Kenan Thompson) a ter que lidar com o seu trabalho e os problemas que lhe aparecem em casa, enquanto processa a sua dor pela perda da sua mulher. Há mais intervenientes, como as suas colegas de trabalho, o seu sogro, as duas filhas e o irmão.

Não vale a pena entrar em mais detalhes, no fundo não conseguem criar impacto emocional nenhum, nem pela perda da mulher e pelo sofrimento, nem impacto cómico. Trata-se de mais uma série de comédia que vai ser cancelada antes do fim da primeira temporada, aposto. Eu sei que a comédia é um dos géneros de série mais difícil de ser feito, mas a quantidade de séries más que são postas cá fora é assustador.

Não vale a pena, não vejam. É o que eu vou fazer.

Raul Araújo