Firefly Lane – 01×01 – Hello Yellow Brick Road
| 05 Fev, 2021

Publicidade

[Não contém spoilers]

Katherine Heigl volta aos nossos ecrãs com Firefly Lane, uma aposta da Netflix com uma boa dose de humor e uma dose ainda maior de drama.

Baseada no livro de Kristin Hannah, Firefly Lane é a adaptação televisiva que acompanha a amizade de Tully Hart (Katherine Heigl) e Kate Mularkey (Sarah Chalke). As duas não podiam ser mais diferentes entre si, mas, surpreendentemente, tornaram-se amigas na adolescência e desde aí nunca mais saíram da vida uma da outra. A série acompanha esta amizade em várias linhas temporais, recorrendo a flashbacks para revelar a adolescência das protagonistas e o início da sua vida adulta. Já o tempo presente é na verdade em 2003, pelo que temos também muitas referências engraçadas a telemóveis com toques polifónicos e aos primeiros computadores portáteis da Apple!

Tully sempre foi uma rapariga popular e é atualmente uma estrela de televisão, enquanto Kate sempre foi a amiga mais reservada e o estereótipo da rapariga nerdy. Apesar de ser um cliché, e não vou negar que a série tem alguns, esta dinâmica funciona muito bem. É interessante ver as suas personalidades a colidir e, ao mesmo tempo, a serem exatamente a companhia de que a outra precisa. Quando Tully está farta da vida pública, pode sempre contar com Kate para uma noite mais calma e quando Kate precisa de um lado mais glamoroso, ninguém melhor que Tully para a ajudar.

A razão pela qual eu gostei logo da série foi, sem dúvida, a representação e a química que as duas atrizes conseguem trazer às personagens. É daquelas séries que não parece que estamos a ver um primeiro episódio, é como se as personagens já fossem nossas amigas desde sempre e já estivéssemos dentro da sua amizade e dinâmica. Esta é a grande vantagem de séries do género familiar/comédia romântica. Podem ter muitos lugares comuns e muito drama desnecessário, mas o sentimento de conforto é incomparável.

Os tons quentes da série ajudam a criar este ambiente leve, bem como o uso de músicas super populares que incentivam a uma sessão de karaoke a meio do episódio (e, sim, isso fui eu com a Goodbye Yellow Brick Road de Elton John, que se ouve no final do episódio).

Em conclusão, Hello Yellow Brick Road é uma boa introdução a Firefly Lane, a série da Netflix que promete momentos divertidos, uma boa dose de drama e umas boas horas de entretenimento fácil. Falando por mim, nestes últimos meses de confinamento é exatamente o tipo de série que quero ver. Ideal para uma maratona!

E tu, já viste? Deixa a tua opinião nos comentários.

Ana Oliveira

Publicidade

Populares

estreias calendário séries março 2024

A Gentleman in Moscow Skyshowtime

Recomendamos