Paramount+ dá luz verde a NCIS: Sydney e a mais quatro novas séries
| 16 Fev, 2022

A Paramount+ deu luz verde a cinco novas séries, com destaque para o primeiro spin-off internacional de NCIS.

O franchise, que já nos trouxe histórias passadas em Washington D.C., Los Angeles, New Orleans e, mais recentemente, no Havai, vai agora avançar com NCIS: Sydney. Ainda não há muitas informações, mas o site Variety indica que a série contará com “histórias locais e com atores e produtores australianos”. Aliás, Shane Brennan, o criador de NCIS: Los Angeles, que é australiano, estará ligado a esta nova aposta, que já tem data de estreia prevista para 2023.

Depois de ter sido descartada pela Paramount Network, Sexy Beast volta a ganhar vida na plataforma de streaming. Baseada no filme de culto com o mesmo nome, a série centra-se em Gal Dove e Don Logan, que fazem parte do submundo criminal de Londres na volátil década de ’90. Michael Caleo, o showrunner de The Sopranos, está associado à série.

A Gentleman in Moscow é outra das novas séries a avançar na plataforma. Trata-se de uma adaptação do livro de Amor Towles e acompanha o Conde Rostov, que se encontra do lado errado da história em Moscovo, de onde não pode sair, em 1922. O Partido Comunista deixou-o viver, mas Rostov está proibido de sair do Hotel Metropole até ao dia da sua morte.

The Chemistry of Death tem por base os livros de Simon Beckett e segue a história de um antropólogo forense, o Dr. David Hunter. A série vai ser filmada no Reino Unido e tem como realizador Richard Clark (War of the Worlds).

Yonder passa-se no ano de 2032 e é um drama de ficção científica sobre um lugar desconhecido que foi concebido para que os mortos possam viver ao fazer o upload das memórias das suas vidas. No centro da trama encontra-se um homem que recebe uma mensagem da falecida mulher, convidando-o para conhecer o misterioso lugar. A série levanta questões sobre a vida, a morte e a felicidade eterna numa altura em que o mundo lida com os avanços da tecnologia e da ciência. Trata-se de uma coprodução com a TVING, um serviço de streaming sul-coreano.

Estas cinco séries juntam-se a Bosé, Miss Fallaci Takes America e Rabbit Hole, que já tinham sido anunciadas pela plataforma.

Bosé é um original espanhol sobre o cantor e ator Miguel Bosé, que lutou para sair da sombra dos seus famosos pais, tornando-se um ícone da música e da representação. A trama dará a conhecer várias fases da vida do artista, tanto a nível pessoal como profissional.

Miss Fallaci Takes America é uma série italiana sobre a jornalista Oriana Fallaci e foca-se nos primeiros anos da sua carreira em Hollywood, no final dos anos ’50. Fallaci trabalhava como correspondente, dando a conhecer a indústria americana do mundo do entretenimento. Sem se deixar seduzir por um mundo que continua a exercer fascínio sobre as pessoas, Oriana sentia-se, contudo, fascinada pelas contradições que testemunhava enquanto aprendia como era a sociedade e os costumes americanos.

Rabbit Hole, protagonizada por Kiefer Sutherland, centra-se num espião que se encontra no meio de uma batalha pela preservação da democracia num mundo em conflito com a desinformação, manipulação comportamental, o estado de vigilância e os interesses que controlam esses poderes extraordinários.

Por fim, a plataforma renovou as séries mexicanas Los Enviados e Cecilia para 2.ª temporada.

A primeira é um thriller sobre dois sacerdotes da Congregação para a Doutrina da Fé do Vaticano que chegam a um pequeno povoado no México para verificar o relato de uma suposta cura milagrosa por parte de outro sacerdote que desaparece misteriosamente. No entanto, eles acabarão a temer pelas suas vidas, pois há vários milagres e desaparecimentos a acontecerem.

Cecilia é uma comédia dramática sobre uma mulher que conseguiu transformar a padaria dos pais num negócio de sucesso. O seu talento e trabalho árduo deram frutos, mas o sucesso conquistado por Cecilia alterou a dinâmica da família, que agora se vê dependente dela.

Publicidade

Populares

heartstopper

westworld poster

Recomendamos