A atriz britânica Lena Headey (Game of Thrones) foi escolhida para protagonizar a série Beacon 23, um thriller psicológico com as assinaturas da Spectrum Originals e do canal AMC.

Baseado num livro homónimo da autoria de Hugh Howey, o projeto será uma criação de Zak Penn que Headey irá produzir executivamente através da sua própria empresa, Peephole Productions, e como parte do primeiro contrato que assinou com os Boat Rocker Studios. Por sua vez, os estúdios em questão coproduzem esta nova aposta com a Spectrum Originals.

No enredo de Beacon 23, repleto de mistério e suspense, vamos poder acompanhar duas personagens chamadas Halan e Aster (Headey) cujos destinos se cruzam depois de ficarem presas no limite do universo. Por mero acaso, Aster acaba por encontrar o caminho para o guardião solitário desse farol – Halan – e a partir desse momento trava-se uma batalha intensa de vontades. Halan começa a questionar se Aster será uma amiga ou inimiga, já que a sua habilidade de disfarçar os seus obejtivos e motivos poderá transformá-la numa oponente formidável.

Penn, que acumula funções de showrunner, considera Lena Headey “fantástica e versátil, mesmo antes de ter desempenhado uma das atuações mais marcantes da história da televisão”. De facto, a atriz de 47 anos tem um currículo vasto, mas foi ao encarnar a personagem de Cersei Lannister que chegou às luzes da ribalta, tendo arrecadado cinco nomeações para Emmys de Melhor Atriz Secundária numa série dramática, entre 2014 e 2019.

Além de Penn e Headey, a equipa de produção executiva conta com nomes como Ira Steven Behr (Outlander), Tina Thor, Elisa Ellis e Katie O’Connell Marsh (Narcos: Mexico), em representação dos Boat Rocker Studios. Encomendada pela Spectrum Originals e pelo AMC Networks, Beacon 23 terá uma exibição exclusiva de nove meses para a Spectrum antes de se tornar um original AMC, com um período secundário de exibição nas plataformas AMC Networks.