Bruxas, dragões, reis lendários, elfos, mágicos, semi-deuses, vampiros… Há de tudo um pouco no pequeno ecrã!

Nota: Devido ao facto de séries como Game of Thrones, Once Upon a Time, Supernatural True Blood serem demasiado populares, resolvemos deixá-las de parte e dedicar a nossa crónica a séries menos mainstream. No entanto, continuarão a fazer parte das nossas Menções Honrosas.

.

Merlin (2008-2012)

SyfyAcquiresMerlin-thumb-550x267-33268

Se gostam da lenda do Rei Arthur, esta série britânica do canal BBC é para vocês. Merlin conta a história de Arthur, mas ainda nos tempos de príncipe. Nesta versão, Merlin é um jovem e servo de Arthur que descobre que o seu destino está ligado ao do futuro rei pouco depois da chegada a Camelot. Para além deles, conhecemos Morgana, a protegida do rei Uther e a sua empregada Guinevere. O dia a dia de Merlin é garantir, juntamente com Arthur, que Camelot seja um lugar seguro e próspero, assim como assegurar-se que Arthur viva para cumprir o destino de ser um grandioso rei. Como Camelot é um lugar onde a magia é proibida, Merlin tem de esconder as suas habilidades de Arthur, de quem acaba por se tornar um grande amigo. A série tem um tom leve e divertido, mas que joga bem com o lado dramático e emocional. Uma pequena pérola à espera de ser vista!

Penny Dreadful (2014-2016)

Penny Dreadful

O nome da série deriva dos Penny Dreadfuls, pequenas histórias de monstros de terror muito populares na Londres Vitoriana. O criador da série, John Logan, decidiu juntar vários dos monstros popularizados pela literatura dos últimos séculos num enredo peculiar. Penny Dreadful acaba por se revelar uma das melhores séries da década e também uma das mais subvalorizadas pelo grande público, situação que levou ao seu cancelamento prematuro na terceira temporada. Victor Frankenstein e o seu monstro, Victor Van Helsing, Drácula, Lobisomens e Dorian Gray juntam-se a cenários fabulosos, guiões deliciosos e atores de peso. Eva Green desempenha Vanessa Ives e em torno dela é construída uma equipa improvável para lutar contra as forças das trevas que os perseguem. Além da atriz, Timothy Dalton e Josh Hartnett compõem um elenco que deixou saudade.

The Shannara Chronicles (2016-presente)

shanbar

A MTV está cada vez mais a apostar em séries. Desta vez, o canal adaptou para o pequeno ecrã uma saga épica de Terry Brooks e voou para a Nova Zelândia para filmar a 1.ª temporada. Shannara conta a história de um reino élfico chamado Quatro Terras. Os problemas começam a surgir quando os demónios ameaçam voltar e destruir a paz. Para isso não acontecer, a árvore que protege o reino, a Ellcrys, tem de ser protegida e salva, visto ter começado a morrer com o regresso dos demónios. A escolhida para impedir que tal aconteça é a princesa Amberle, uma das Escolhidas para proteger a Ellcrys.  A ela juntam-se o meio-elfo Wil e a humana Eretria. O trio é ajudado pelo último druida vivo, Allanon. Enquanto os jovens viajam pelo país à procura da salvação, a família real em Arborlon também tem a sua dose de problemas.

Grimm (2011-presente)

grimm080512

E que tal juntar uma série policial com fantasia? É essa a ideia de Grimm que é baseada nos livros de contos dos irmãos Grimm. A história segue o detetive Nick Burkhardt que vê a sua vida a mudar drasticamente quando descobre que é descendente de uma sociedade secreta de caçadores de criaturas, conhecidos como Grimm. O objetivo de um Grimm é manter o equilíbrio do mundo real com o mundo sobrenatural. Podemos ver esse mundo sobrenatural misturado com o nosso, onde várias pessoas (aparentemente normais) são na realidade wesens (criaturas disfarçadas de humanos inspiradas nos contos). Mas Nick não concorda em matar todos os wesens como os seus antepassados, aliás ele até se torna amigo de alguns como Monroe (um blutbad, criatura parecida com um lobo) e Rosalee (uma fushsbau, parecida com uma raposa) contando com a ajuda deles para investigar homicídios, muita vezes com wesens envolvidos. Além de Monroe e Rosalee, Nick pode contar com o seu parceiro, o detetive Hank Griffin, e a sua namorada, Juliette Silverton, que no início não sabem da sua outra entidade. Com vários vilões wesens e humanos, Nick tenta dar o seu melhor de modo a evitar confusões entre as duas espécies.

Xena: Warrior Princess (1995-2001)

xena-warrior-princess

Quem diria que Xena, personagem da lendária Lucy Lawless, uma personagem de Hercules: The Legendary Journeys, ganharia a sua própria série? Embora o termo ainda não fosse muito conhecido, podemos afirmar que Xena: Warrior Princess é um spin-off. Com um passado sombrio, Xena muda a sua postura perante o mundo, mas não a sua atitude execrável e corre pelo mundo clássico, sobretudo pela Grécia, a lutar contra os vilões que vão surgindo, sejam eles monstros mitológicos, humanos ou até deuses do Olimpo. Cedo se faz acompanhar da indefesa e frágil Gabrielle que, ao aprender a dominar o varapau, se torna um elemento fundamental deste duo que luta pela injustiça.

The Magicians (2015-presente)

Magicians_hero_101A

Baseada numa obra homónima e com fortes influências dos mundos de Harry Potter As Crónicas de NárniaThe Magicians foi a nova aposta do canal Syfy e segue a vida de Quentin, um jovem que acabou de se licenciar e está prestes a entrar em Yale para uma pós-graduação. Contudo, os planos mudam quando ele é chamado para fazer provas para entrar em Brakebills, uma universidade de magia, e acaba por ser admitido. Quentin sempre se sentiu à parte do mundo e o único escape eram os livros sobre o mundo de Fillory. Porém, a descoberta de um mundo de magia dá um novo folgo à vida de Quentin, especialmente quando descobre que os livros que tanto adora são, na verdade, baseados em factos reais. Ironicamente, é exatamente de Fillory que surge uma grande ameaça para a universidade e para os amigos mais próximos de Quentin.

Charmed (1998-2006)

charmed-reboot-original-cast

Esta série norte-americana acompanha três irmãs (Phoebe, Prudence e Piper) que são as feiticeiras mais poderosas que alguma vez existiram. No entanto, apenas se trabalharem como uma só, sendo conhecidas como the charmed ones. Charmed acompanha tanto a vida das irmãs a combater o sobrenatural, desde demónios até à tríade, com uma participação do rei do inferno, como também acompanha a sua vida pessoal, os problemas entre elas e as relações que tentam manter. No final da terceira temporada, a actriz Shannen Doherty (Prudence) abandonou o elenco, sendo substituída por Rose McGowan, que interpreta Paige, uma meia-irmã. A série durou 8 temporadas e foi, no geral, um sucesso no seu tempo de emissão.

Angel (1998-2004)

angel_59128451-1920x1080-1920x1080

Graças ao sucesso estrondoso de Buffy, the Vampire Slayer, surgiu Angel, um spin-off que acompanha de perto a missão da série-mãe. Angel foi um personagem importante em Buffy, já que namorou com a protagonista e foi o primeiro vampiro com a alma restaurada que existiu. Graças à importância do personagem, Angel muda-se para Los Angeles, onde trabalha como detetive privado. Para derrotar as forças demoníacas, Angel faz-se rodear de personagens com características e poderes peculiares. Embora não tenha atingido a fama de Buffy, Angel ainda se aguentou no ar durante cinco temporadas.

The 10th Kingdom (2000)

bb_tenback

Se acham que Once Upon a Time é original, desenganem-se… A ideia não é nova e em 2000 foi lançada uma minissérie de dez episódios que narra as aventuras dos nove reinos mágicos e do recém-descoberto reino sem magia (a nossa Terra). O enredo localiza-se no reinado do neto da Branca de Neve. Em 10th Kingdom, Virginia, o lobo mau, o seu pai e um príncipe transformado em cão correm pelos nove reinos a tentar fugir da bruxa má e dos trolls trapalhões que os perseguem. Pelo caminho, os nossos heróis vão encontrar vários personagens dos contos de fada e o amor pode estar ao virar de uma esquina… ou de um uivo!

Hercules: The Legendary Journeys (1995-1999)

Hercules1

Hercules: The Legendary Journeys, como o próprio nome indica, narra as aventuras do semideus Hércules. Situada também na Grécia Antiga, a série acompanha Hércules e o seu amigo Iolaus na luta contra monstros, a maioria deles enviados pela deusa Hera, e humanos mal-intencionados. Dono de uma forma sobrehumana, Hércules é reconhecido por toda a Hélade e em todos os lugares que passa surgem inúmeros pedidos dos mais necessitados. O sucesso da série foi tanto que levou a que fossem feitos vários filmes onde os nossos heróis lutavam contra determinados monstros. Assim que Hercules terminou, Kevin Sorbo, embora tenha feito imensos filmes, nunca mais se voltou a aproximar do sucesso proporcionado pela série que o levou ao estrelato.

Pushing Daisies (2007-2009)

pushing-daisies22

Criada por Bryan Fuller (Hannibal), Pushing Daisies faz parte do grupo das desafortunadas séries que apanharam a greve dos guionistas, em 2008, tendo sido cancelada precocemente. Aparentando um conto de fadas na cinematografia, Pushing Daisies é divertida, encantadora e conta a história de Ned (Lee Pace), um pasteleiro especialista em tartes, que tem a habilidade de reanimar qualquer coisa apenas com um toque. Contudo, se tocar no que reanimar uma segunda vez, esta morre permanentemente. Em contrapartida, se reanimar algo por mais de 1 minuto, como forma de equilíbrio da natureza, outra coisa morre. Devido a dificuldades financeiras, Ned aceita a proposta de um investigador privado de desvendarem crimes e receberem as respetivas recompensas. A única coisa que tem de fazer é tocar no cadáver da vítima, questioná-la durante um minuto sobre o assassino e voltar a tocar-lhe, para que morra definitivamente. Tudo corria bem, até que uma das vítimas mortais é a sua amiga de infância Chuck (Anna Friel) e Ned, depois de a reanimar, decide mantê-la viva (morrendo o médico legal em troca). A partir desse momento, Ned não pode, de maneira nenhuma, voltar a tocar em Chuck, o que se torna complicado quando os dois se apaixonam.

Menções honrosas: 

Game of Thrones
Once Upon a Time
Supernatural
Lost Girl
The Originals
Witches of East End
Outlander
True Blood
Teen Wolf
Sleepy Hollow
Shadowhunters
The Vampire Diaries
Wynonna Earp

Ana Velosa, Cristiana Silva, Maria Sofia Santos, Raul Araújo e Rui André Pereira