Classificação

9
Interpretação
8.5
Argumento
9
Realização
9
Banda Sonora

[Contém spoilers]

The Mandalorian foi basicamente o boom do Disney+ quando estreou no ano passado. Contudo, a série não foi fogo de vista e esta segunda temporada provou que a série criada por Jon Favreau tem imenso potencial. Com este The RescueThe Mandalorian despede-se da segunda temporada e eu estou meio tremida por dentro, com muitos sentimentos dentro de mim em relação a esta season finale.

Como já sabíamos, The Rescue iria centrar-se na missão de salvamento de Grogu. E para tal, Mando iria precisar de mais ajuda. Portanto, a série basicamente reuniu todas as guest stars das duas temporadas para este potente último episódio. Mando contou com a ajuda de Cara Dune, Boba Fett, Fennec Shand, Koska e Bo-Katan. Uma super equipa de mandalorians e de uma marshal da Nova República, prontíssimos para tentar salvar Grogu – que, ao fim e ao cabo, serve de arma biológica ao Império – das garras do mal.

Toda a cena dentro da nave é qualquer coisa de espetacular. Não me canso de elogiar a destreza de Pedro Pascal e não me canso das cenas de luta de Mando, mesmo quando ele usa os seus gadgets para facilitar a tarefa. Confesso que foi bem excitante vê-lo lutar o darktrooper. Talvez o único ser vivo que tenha rivalizado a sério com Mando tenha sido Cara Dune (como vimos no episódio 4), mas este darktrooper esteve muito perto de aniquilar Mando e se ele não se tivesse livrado dos outros (ainda que por breves momentos) teria sido o seu fim. Aproveito para dizer que estes darktroopers são um plot hole na continuação da saga. Não os vimos em nenhum dos três filmes da última trilogia que saiu (aquela horrorosa trilogia). Teriam sido um bom recurso para a Primeira Ordem… ou então eles serão destruídos permanentemente lá mais para a frente. E, claro, estou a fazer a ligação com o universo da família Skywalker por motivos óbvios (e que falarei mais à frente).

Não me perguntem, mas não consigo encaixar Giancarlo Esposito como Moff Gideon. Não o achei um vilão tão bom como poderia ser e sabemos que dos personagens mais populares do universo Star Wars são mesmo os vilões. Mas o ator… Bom, não sei se o problema reside realmente no ator (que já fez papéis incríveis) mas sim na construção do personagem. Ele na temporada passada ainda prometia, mas nesta a qualidade baixou muito e a série ficaria ainda melhor com um mau da fita que chegasse à altura dos personagens principais. No entanto, neste season finale de The Mandalorian com The Rescue ele convenceu-me ainda menos e o raio do homem continua sem morrer. Podiam livrar-se dele (e daquele fato de Darth Vader wannabe) e criar outro que cativasse realmente.

Oh, Luke. Luke, Luke. Primeiro, os meus parabéns à malta dos efeitos especiais porque aquele rejuvenescimento de Mark Hamill está absolutamente FANTÁSTICO. Tenho de concordar que a cena em que ele destrói os darktroopers é só das melhores partes do episódio final, chef’s kiss, QUE SAUDADES de ver os jedis em ação na série. Ahsoka  Tano foi poema para os meus olhos mas o lendário Luke trouxe toda uma nostalgia ao meu ser.

Contudo, e aqui tenho de ser desmancha prazeres. Por muito bom que tenha sido rever Luke Skywalker, e o R2D2… não havia necessidade de ter sido o Luke a ouvir o chamamento de Grogu. Se faz sentido? Claro que faz. Todos sabemos que Luke se tornou num jedi master e os acontecimentos que despoletaram a sequel começaram com um dos seus padawans. Ele podia treinar Grogu. Aliás, ele foi treinado pelo próprio Yoda. Mas em termos de história… Não. The Mandalorian não precisa dos Skywalkers para ser boa. De todo. Podiam ter trazido um novo jedi, sangue novo.

A cena de despedida de Grogu e Mando foi provavelmente a cena de televisão mais emotiva de 2020. Os personagens confirmam o porquê da sua popularidade e do carinho dos fãs. Mando a tirar o capacete e a lacrimejar, Grogu a tocar-lhe no rosto e a pedir a sua autorização para partir. Fiquei absolutamente destroçada por ver que terminam a temporada separados. Quando irão reunir-se? Pois… teoricamente, não deveriam por muito tempo, pelo menos enquanto Grogu estiver na ilha a ser treinado por Luke. Portanto, o que vai ser da série sem Grogu no elenco principal? (se é que isso que está nos planos de Jon Favreau)

Para terminar, quero mencionar que achei interessante que Mando tenha conquistado o Darksaber. Ele, que não tem interesse em trono nenhum. Será que nos focaremos em Mandalore e nos vamos afastar dos jedis e da Força? O que será da série na terceira temporada? Eu até tenho algum receio em descobrir…

E vocês, o que acharam desta season finale de The MandalorianThe Rescue?

Maria Sofia Santos