The Dropout – 01×01 – I’m in a Hurry
| 20 Abr, 2022
6.75

Estreia hoje, dia 20 de abril, no Disney+, a minissérie dramática The Dropout: A História de uma Fraude, inspirada em acontecimentos reais relacionados com Elizabeth Holmes, mais precisamente com a sua tentativa de revolucionar a medicina através da tecnologia.

O episódio piloto faz uma boa introdução ao enredo de The Dropout e apresenta-nos as personagens de forma eficaz, dando ênfase a Elizabeth, interpretada por Amanda Seyfried. Tudo se inicia com um julgamento que ocorreu em 2017 para determinar se houve violações de leis federais por parte da Theranos. Estas cenas são intercaladas com flashbacks que nos ajudam a começar a perceber o que é afinal a Theranos, nome proveniente da fusão entre as palavras inglesas therapy e diagnosis. Sabemos agora que a empresa oferece mais de 200 testes sanguíneos com uma única gota de sangue e sem seringas. Mas como será isto possível? Terás que ver o episódio para descobrir.

Recuamos até 1995 para conhecer a história da personagem principal, bastante bem apresentada, com foco nos momentos-chave, começando na infância, passando pela adolescência e vida adulta.  Percebemos que desde nova que tinha os seus objetivos académicos, profissionais e até mesmo pessoais bem traçados. Ainda nos tempos de criança escreve uma carta ao pai que transmite esta sua segurança e confiança relativamente à vida. “O que eu mais quero da vida é descobrir algo novo. Algo que a humanidade não saiba que é possível.”

Elizabeth é determinada, aplicada, persistente, introvertida, pouco dada a emoções e parece ter uma relação próxima com os pais. Apesar de tanto planear, a vida ensina-nos que não podemos controlar tudo e estes obstáculos acabam por fazer Elizabeth crescer e superar-se a ela mesma.

O título do episódio, I’m in a Hurry, faz todo o sentido, já que a protagonista está constantemente com pressa, principalmente a partir do momento em que entra na universidade. Os seus colegas aproveitam a vida académica em festas, mas Elizabeth tem outros planos. Além de não gostar de festas, não vai descansar enquanto não conseguir criar um projeto inovador, uma empresa. Tal era a pressa que nem conseguiu esperar para terminar o curso. Deixou a universidade, como podíamos adivinhar pelo nome da série, para se dedicar a tempo inteiro à futura Theranos. Há ainda uma relação com a música, “I’m In a Hurry (And Don’t Know Why)”, que aparece em duas cenas e transmite bem a forma como a protagonista encara a vida. Ainda relativamente à banda sonora, predomina música rock, pop e punk dos anos 90 e inícios de 2000 que coincide com o tempo da ação e harmoniza cada cena. É também de notar que as músicas são colocadas em cada cena de forma estratégica, seja pelo ritmo ou pela letra. Quando o tempo da ação muda, somos imediatamente avisados através da indicação que aparece no ecrã em letras garrafais.

Portanto, o primeiro episódio centra-se no percurso de Elizabeth, nos seus avanços e recuos, nas suas vitórias e adversidades, apresentando-nos também, ainda que de forma mais superficial, algumas das personagens que com ela se cruzam. Parece-me então que, tal como Elizabeth planeia tudo, também na produção desta série nada foi feito ao acaso, havendo quase sempre um motivo lógico. É um drama, mas, ainda que a série consiga criar alguma empatia junto do espectador, conseguimos vê-la com facilidade e leveza (pelo menos o primeiro episódio). Apesar de não ser uma série que me prendeu por completo, diria que é bastante interessante e que deixa o espectador com vontade de saber o resto da história. É essa a principal razão pela qual quero ver os restantes episódios.

The Dropout - 01x01 - I'm in a Hurry
6.75
7
Interpretação
6.6
Argumento
6.5
Realização
7.2
Banda Sonora

Publicidade

Populares

All of us are dead

calendário estreias

the midnight club poster

Recomendamos