Meia-Noite no Hotel Pera Palace – 01×01 – A Viagem
| 03 Mar, 2022

[Contém spoilers]

Meia-Noite no Hotel Pera Palace (ou Midnight at the Pera Palace, no título internacional) estreou esta quinta-feira na Netflix e o episódio piloto, A Viagem, oferece ao espectador um mistério policial cativante repleto de ação e viagens ao passado.

O Hotel Pera Palace celebra 130 anos e tal ocasião merece uma celebração digna e eternizada, por escrito, num artigo que mencione todas as razões pelas quais vale a pena visitar e pernoitar naquele que é um dos hotéis mais cobiçados do mundo. Esra (Hazal Kaya), uma jovem jornalista, é a escolhida para esta tarefa e o seu entusiasmo não passa despercebido. Apaixonada por mistério e por uma boa história, a jovem procura sempre entoar os seus artigos de maneira a deixar os leitores curiosos e sedentos por mais. A Viagem é um episódio que parece saído da sua imaginação e das palavras que escreve. Caótico, romântico e fascinante.

Assim que Esra chega para conhecer e se familiarizar com o espaço, Ahmet (Tansu Biçer), um homem na casa dos 60 e responsável pelo hotel, propõe-se a fazer-lhe uma visita guiada, de modo a que ela se possa imergir nas histórias e lendas que assombram os quartos luxuosos do Pera Palace.

Quando chegam ao quarto 411, Ahmet explica à jovem jornalista que foi naquele quarto que Agatha Christie escreveu o seu romance Um Crime no Expresso do Oriente. Ahmet conta a Esra que, muitos anos antes, Christie teria estado hospedada no Pera Palace e que, durante 11 dias, desapareceu por completo, sem deixar rasto. Ninguém a conseguiu encontrar até que, milagrosamente, a autora apareceu. Com ela, apareceu também uma chave, mas que até então ninguém parecia saber onde ou como utilizar. Esra, enquanto fã e fiel leitora, fica estupefacta. 

Ao longo desta visita guiada, a curiosidade e entusiasmo de Esra por todo o contexto histórico e lendas passadas no hotel crescem desmesuradamente. Afinal de contas, é uma contadora de histórias e nada a fascina mais do que um bom mistério. 

Nessa mesma noite, a meio de uma tempestade, Ahmet propõe a Esra que passe a noite no hotel e faz-lhe uma confidência, ao mostrar-lhe a chave que apareceu com Agatha Christie depois do seu regresso. Quando entra no quarto que lhe foi disponibilizado, Esra encontra essa mesma chave na mesa de cabeceira e, naturalmente, deixa-se consumir pela curiosidade e imaginação. No entanto, quando o relógio bate as 12 badaladas, algo inesperado acontece – uma espécie de tremor de terra. Tudo abana, a cama treme incansavelmente e molduras e chávenas caem no chão. Subitamente, a tranquilidade regressa ao quarto e o mundo parece ter voltado ao normal. Contudo, Esra rapidamente se apercebe de que se encontra num local totalmente diferente daquele em que se encontrava menos de um minuto antes. Do século XXI passámos para o ano de 1919 e, apesar de fascinada, a jovem não faz ideia de como foi ali parar.

Num mistério político, aventureiro e cativante recheado de doppelgängers, histórias inacabadas, romance e coincidências que parecem não ter fim, a Netflix brinda os seus espectadores com uma série única, divertida e encantadora. Embrulhada num caos político e em círculos improváveis, Esra encontra-se simultaneamente fascinada por aquilo que está a viver e aterrorizada com a hipótese de algo correr mal. Porque, apesar de serem tentadoras, a jovem não se pode esquecer que as viagens no tempo têm sempre consequências brutais. Qual será o seu papel nesta história? E como será que vai voltar a casa?

Inês Ribeiro

Publicidade

Populares

sas rogue heroes poster

calendário estreias

freeridge poster

Recomendamos