Classificação

8.5
Interpretação
7
Argumento
7
Realização
7
Banda Sonora

[Não contém spoilers]

Angela Black é uma produção conjunta da ITV e da Spectrum Originals e o primeiro episódio dá-nos a conhecer a história da mulher do título. Interpretada por Joanne Froggatt, Angela é vítima de violência doméstica às mãos do marido, o típico tipo aparentemente encantador, mas que na realidade é um verdadeiro manipulador.

Froggatt – que eu achava um bocado apagada e insossa em Downton Abbey, embora a sua personagem tenha tido algumas storylines interessantes – é o ponto forte desta série, sem qualquer espécie de dúvida. Ela encarna de forma extremamente convincente uma mulher a passar por uma situação impossível e há uma fragilidade incrível na personagem quando esta arranja mentiras para contar às outras pessoas acerca dos seus ferimentos. Parece imensamente realista, um daqueles clichés que não podem deixar de existir. De cada vez que lhe vejo o ferimento no lábio, o dente em falta da pancada, tenho uma espécie de sentimento de proteção para com ela.

Angela já tentou ir-se embora, já tentou pegar nos filhos e afastar-se de vez daquele casamento, mas Olivier (Michiel Huisman) faz uso de todas as falinhas mansas, invoca os miúdos e apela ao amor que tem por ela, dizendo que será de se tornar numa pessoa melhor. Mentiras em que nenhum de nós, espectadores, nem Angela acredita. No entanto, há qualquer coisa de poderoso naquelas suas palavras, ainda assim. Angela quer acreditar que as coisas podem ser diferentes, mas os seus instintos estão corretos e ela sabe que o que devia fazer é fugir.

Só que as coisas mudam completamente de figura quando um estranho a aborda e lhe diz que trabalha para o marido dela, mas decide, apesar disso, contar-lhe alguns segredos extremamente reveladores que só tornam as coisas mais difíceis para Angela. Ou então serão mesmo o ponto de rutura e aquilo que fará com que ela se resolva a dar o grande passo para sair daquele casamento.

Confesso que não gostei muito do plot twist final, que não quero revelar para não dar cabo do efeito surpresa. Trata-se de um thriller e portanto tinha que ser introduzido algo deste género, mas acho que não funcionou muito bem. Talvez tenha sido demasiado previsível, demasiado ‘à série’.

Angela Black vai estrear na HBO Portugal já no dia 26 deste mês, por isso vais poder tirar as tuas próprias conclusões nessa altura!

Diana Sampaio