Classificação

8
Interpretação
8
Argumento
8
Realização

[Contém spoilers]

O primeiro episódio de American Rust, The Mill, já estreou, e a minha paixão por dramas familiares e policiais parece aumentar de dia para dia. Baseado no primeiro livro de Philipp Meyer, a série retrata a história de uma pequena terra no estado da Pensilvânia que se vê abalada por um crime inesperado.

Del Harris (Jeff Daniels), chefe da polícia, é chamado à cena do crime quando um corpo sem vida é encontrado numa antiga fábrica nos arredores da cidade. De imediato, Harris apercebe-se de que o principal suspeito deste homicídio é Billy Poe (Alex Neustaedter), filho de Grace (Maura Tierney), a mulher por quem está apaixonado. O cadáver pertence a Pete Novick (Jim True-Frost), ex-agente da polícia que, meses antes, foi despedido por um confronto com o jovem. Todas as provas apontam, portanto, para Billy, mas será que é ele o verdadeiro culpado?

Num conflito interno doloroso e controverso, o chefe da polícia vê-se dividido. Por um lado, quer e tem o dever de cumprir o seu papel de forma ética e moral; por outro, quer a todo o custo proteger o jovem.

O episódio tem início com aquilo que suponho ser o “tempo presente” (seis meses depois), mas também visitamos o passado (seis meses antes). Esta dinâmica temporal permite que percebamos de que maneira se formaram certas relações entre determinados personagens e há quanto tempo duram. 

Uma das pistas que creio ser mais importante é a amizade entre Billy e Isaac English (David Alvarez) e a paixão de Billy por Lee (Julia Mayorga), irmã do amigo. A mãe do par de irmãos foi encontrada morta anos antes e crê-se que foi, à semelhança de Novick, assassinada. Mas terá sido? Há várias questões que ficam a pairar no ar depois deste intenso episódio piloto.

Cativante desde o primeiro minuto, The Mill é apenas o início. American Rust promete ser mais um drama comovente e misterioso que nos deixará presos ao ecrã. Para a semana lá estarei eu, empolgada para ver o episódio seguinte.

Inês Ribeiro