Classificação

6.5
Interpretação
3
Argumento
7
Realização
8
Banda Sonora

[Não contém spoilers]

Admito que a minha expectativa estava alta quanto a Physical. Não costumo acompanhar o conteúdo da Apple TV+, mas o trailer deixou-me curioso: cenários bastante realistas, Rose Byrne (Damages) no papel principal e uma banda sonora muito animada. Infelizmente, depois de ver o primeiro episódio, Let’s Do This Thing, senti que faltava um ingrediente principal – conteúdo.

Logo no início do episódio somos apresentados às duas personagens principais: Sheila (Rose Byrne) e Danny Rubin (Rory Scovel). Sheila é bulímica, insegura com o seu corpo e com uma péssima autoestima. Conseguimos captar tudo isso através de uma narração do seu pensamento que nos acompanha ao longo de todo o episódio. Sobre esta narração, teve alguma piada no início, mas os pensamentos são sempre tão superficiais que acaba por ser saturante ter de os ouvir até ao fim do episódio. Danny não recebeu muito destaque durante o episódio, mas conseguimos perceber que é um personagem bastante influenciável por Sheila.

Apesar do mote da narrativa ser bem explícito na storyline e no trailer, temos ainda no início do episódio uma cena onde a personagem principal, fazendo-se acompanhar do seu marido, está já no auge da sua carreira como instrutora de aeróbica. Só depois desta pequena cena é que recuamos cinco anos, ao quotidiano do casal: Sheila é uma dona de casa, sem grandes perspetivas de futuro, deprimida e descontente com a sua forma física, e Danny, um bancário prestes a ser despedido.

Apenas nos minutos finais do episodio Sheila é apresentada ao mundo da aeróbica, sendo esse momento um dos únicos a trazer algum conteúdo a uma trama muito monótona. Os pontos positivos vão para os cenários e guarda-roupa, que, em conjunto com a banda sonora, levam-nos diretamente para os anos 80.

Acredito no potencial da série e principalmente agora que foi atingido o plot da história. No entanto, esperava mais drama e comédia neste primeiro episódio.

Os episódios são curtos, cerca de meia hora cada um, sendo que os três primeiros estão já disponíveis na Apple TV+.

Miguel Mendonça