Classificação

9
Interpretação
8
Argumento
7.5
Realização

[Pode conter spoilers]

Um thriller tenso, um argumento muito cliché, mas um ótimo elenco: esta é a review do episódio piloto de The Beast Must Die, a nova série da palataforma digital BritBox.

Este projeto, adaptado do livro de Nicholas Blake, o pseudónimo do poeta Cecil Day-Lewis, conta a história de uma mãe, Frances Cairnes (Deadwater Fell), que depois de ter perdido o seu filho num atropelamento e a polícia não lhe apresentar qualquer justificação válida para o sucedido, decide ser ela a investigar o caso, infiltrando-se na vida dos suspeitos.

A sinopse não revela grandes diferenças quando comparada a qualquer outro thriller de investigação, mas as atuações brilhantes de Billy Howle (MotherFatherSon), que interpreta o detetive Nigel Strangeways, ou de Jared Harris (Chernobyl) no papel de George Rattery, elevam a trama a outro nível, deixando claro que estas personagens terão um desenvolvimento exponencial nos próximos episódios.

Neste piloto, é quase impossível não criar uma empatia pelo detetive Nigel: uma consulta no seu psicólogo, logo nos primeiros minutos do episódio, mostra-nos que ele é um verdadeiro workaholic que não se conforma com negligências nem faltas de profissionalismo na área em que trabalha.

Já em Frances (interpretada por Cush Jumbo) conseguimos facilmente identificar uma mãe que, transtornada pela morte do filho, e revoltada pela falta de atitudes e ações por parte da polícia, decide pôr mãos à obra e ser ela própria a investigar quem um atropelamento fatal.

A intensidade do episódio deixou-me completamente colado ao ecrã, dando – no espaço de 58 minutos – uma introdução bastante cativante do que será o desenrolar deste thriller britânico. Infelizmente, teremos apenas 5 episódios lançados semanalmente (com a exceção dos dois primeiros capítulos, que saíram em simultâneo). Contudo, acredito que o excelente elenco e uma narrativa tão tensa quanto misteriosa ofereçam a esta série o destaque que ela merece. Resta-nos esperar pelos próximos episódios.

Miguel Mendonça