Classificação

8
Interpretação
7.5
Argumento
7
Realização
8.5
Banda Sonora

[Pode conter spoilers]

“We’re like the Gilmore girls, but with bigger boobs.”

Ginny & Georgia é a nova série de drama e comédia da Netflix, criada por Sarah Lampert. O primeiro episódio de Ginny & Georgia conta a história de Ginny (Antonia Gentry), uma adolescente de 15 anos que tem mais maturidade que a sua mãe, Georgia (Brianne Howey), de 30. Georgia engravidou com apenas 15 anos de Ginny e nunca teve a vida facilitada. De romance em romance, apenas com Virginia (aka Ginny) e Austin (Diesel La Torraca), o irmão mais novo, do lado da mãe, nunca criaram raízes e passam a sua infância em constante mudança.

A história do primeiro episódio de Ginny & Georgia começa quando o padrasto de Ginny morre num acidente de viação e Georgia decide mudar-se novamente com os filhos; vão de Houston, no Texas, para o Massachusetts. Conforme o episódio vai correndo vamos percebendo que é uma espécie de teen drama com uma pitada de Gilmore Girls à mistura, apesar de tanto Georgia como Ginny nada terem a ver com Lorelai ou Rory e este primeiro episódio deixou isso bem claro.

Ginny, por exemplo, é uma adolescente madura para a sua idade, muito também pelo facto de ter uma mãe nova e que tem ainda atitudes infantis. No início do episódio tinha tudo para ser uma personagem a idolatrar. No entanto, tomou certas atitudes descontroladas e desnecessárias típicas de adolescente, se bem que temos de ter em conta que Ginny tem apenas 15 anos e está a aprender a conhecer-se e, mais importante, a tentar criar as raízes que nunca teve.

Georgia ainda é uma personagem difícil de caracterizar. Sofria de violência doméstica e desde os 15 anos que se sustenta sozinha, mas precisa constantemente de um homem na sua vida. O problema é que os homens que escolhe nem sempre são boas peças e acaba por ser Ginny e Austin que saem magoados de toda a situação.

Ao que parece, Massachusetts é onde Georgia quer ficar, mas deve ter em conta as suas atitudes e até ao momento parece que não vai ter a vida facilitada nesse sentido. Georgia transmite a ideia de que esconde muitos segredos.

À parte o drama da família Miller, há que conhecer os novos vizinhos e amigos. Conhecemos Marcus (Felix Mallard), Ellen (Jennifer Robertson) e Max (Sara Waisglass). Marcus vai ser a eterna crush de Ginny, ainda que seja bad news. Ellen vai fazer par com Georgia e foi uma das interações mais interessantes deste primeiro episódio. Depois, Max – short for Maxine – tem tudo para ser a melhor amiga de Ginny, se esta souber fazer as escolhas certas, pois Max é uma miúda com uma personalidade forte, com ideias fixas e é irmã gémea de Marcus, então há aquele amor-ódio entre irmãos e todo este drama à mistura pode fazer o caldo entornar.

O primeiro episódio de Ginny & Georgia está muito bem conseguido. Não tem um argumento muito original, pois estamos familiarizados com este tipo de histórias e drama familiar; não tem uma realização de topo, pois nem sempre se percebe os saltos temporais ao longo do episódio; no entanto, vence pela banda sonora, pela interpretação dos atores e pela importância dos assuntos que aborda, que mesmo que já tenham sido vistos, é sempre importante ter em conta este tipo de realidades.

O primeiro episódio de quase 60 minutos dá ao espectador muita informação sobre as personagens, mas consegue deixar muitas perguntas no ar, tornando a série bastante interessante. É sem sombra de dúvida uma série para fazer maratona, pois os dez episódios da 1.ª temporada estão disponíveis na plataforma de streaming Netflix.

Margarida Rodrigues Pinhal