Sick Note – 01×01 – Queen of Hearts (Piloto)
| 17 Nov, 2017

Publicidade

Atenção: esta review contém spoilers!!

Rupert Grint está de volta ao nossos ecrãs! Desta vez num registo de comédia, com Sick Note, uma nova aposta da Sky One. Rupert representa, desta vez, Daniel Glass, a típica personagem com um emprego de escritório “9 to 5”, aborrecido, que passa o seu tempo livre a jogar vídeo-jogos e a fumar em casa.

Começamos por ver a sua separação com a namorada Becca (Pippa Bennett-Warner), que está farta de aturar aquela atitude e obriga-o a sair de casa. No emprego, Daniel não está muito melhor, já que o patrão o ameaça despedir por nenhuma razão aparente (além de este ser um pouco louco). Até que, quando parece que nada de pior pode acontecer na vida de Daniel, é-lhe diagnosticado cancro do esófago, com uma estimativa de vida de uns meros seis meses. Com esta notícia vê a sua vida dar uma reviravolta quando, de repente, toda a gente o começa a tratar bem: Becca aceita-o de volta (parte por pena, parte porque Daniel melhora a sua atitude, agora que não dá a sua vida por garantida), os seus amigos choram e preocupam-se com ele, o seu emprego já não está em risco (mais uma vez, por pena)… Parece que tudo na sua vida está num rumo mais positivo, apesar da notícia devastadora.

É nesta ilusão que Daniel recebe a notícia de que afinal… não tem cancro. O médico, que nem sequer foi competente para injetar botox em si próprio, fez um diagnóstico errado. Daniel está completamente saudável! Excelente notícia, certo? Bem, não para Daniel. Obviamente que se encontra feliz por estar saudável, mas rapidamente se apercebe que o tratamento “especial” e preocupado de toda a gente vai desaparecer e vai ter que voltar à sua vida antiga.­­ Começa assim uma espiral de mentiras, quando Daniel começa por adiar contar às pessoas mais próximas e acaba por decidir fazer um pacto com o médico: se este fingir que Daniel está doente e prometer que o “cura” em seis meses, Daniel não apresenta uma queixa contra o mesmo. Isto porque o emprego do médico está por um fio!

Depois de ter visto e digerido o episódio ainda estou a tentar processar a minha opinião sobre o mesmo. Vai ser uma série certamente controversa e não me parece que Daniel vá ser uma personagem adorada, já que está a aproveitar-se de uma doença falsa para obter simpatia. Eu própria me senti bastante desconfortável e com sentimentos contraditórios quando comecei a sentir um mínimo de empatia pela personagem, depois de ele ter descoberto que Becca o traía com o seu melhor amigo e que ambos apenas estão com ele por pena. É bastante triste pensar que alguém tem que chegar ao ponto de fingir uma doença para manter uma relação, seja romântica ou platónica, apesar de esta ser uma ação que me repugna interiormente.

Este primeiro episódio teve momentos engraçados, apesar de no geral ter sido colocada demasiada informação de uma só vez. Eu compreendo que os pilotos têm como objetivo cativar de imediato a atenção dos espectadores, mas preferia que nos tivessem introduzido à série a um ritmo mais lento. Apesar de alguns pontos positivos, onde se inclui o elenco famoso e algumas falas bem escritas, não sei se será suficiente para a série sobreviver à controvérsia.

Ana Oliveira

Publicidade

Populares

beef ali netflix

calendário estreias posters janeiro 2024

reina roja

Recomendamos