Grey’s Anatomy – 10×15 – Throwing It All Away
| 14 Mar, 2014

E quando eu já não dava nada por Grey’s Anatomy, eis que um bom episódio me surpreende. Este teve dois elementos que eu adoro: drama e comédia.

A Stephanie é um perigo a manusear macas. No mesmo dia atropelou duas pessoas: o Jackson (é bem feita) e a Arizona (pobrezinha). A prótese da Arizona partiu, mas sem stress, ela tinha outra no carro! Não consegui evitar o riso nesta cena. É como um pneu sobresselente, só que a Arizona tem antes uma perna a mais no carro.

Definitivamente não foi um bom dia para a Arizona, com a situação da perna, cirurgias a mais e uma ida aos Recursos Humanos por causa da queixa da Leah. Leah, tens a completa noção de que agora já não te curto? Eu passo a explicar. A queixa da Leah não foi afinal contra a Arizona, mas sim contra a Callie. Mais uma vez a história de o ‘ensino’ ser maltratado quando estas questões pessoais se metem no caminho. OK, não é que não faça sentido, mas eu não gosto que me tentem processar a Callie! Aliás, eu passo-me com isso!

Claro que a Callie também se passou e a Arizona lá ouviu 😛 E aleluia, elas tiveram aquilo que eu considero uma conversa em condições. Quem não viu, tem de ver, contado não é fofinho, nem emocionante, nem lindo.

E um calduço para a Callie, por favor. Raios, que ela assustou-me como tudo (e à pobre da Arizona) quando saiu do quarto depois do discurso da Arizona. Eu já estava preparada para começar a chorar e dizer “Callie, não, Callie, o que é que estás a fazer?”, mas ela voltou, eu voltei a respirar e o meu coração retomou os batimentos. O episódio acaba com um momento fofinho entre elas e eu sou feliz com Grey’s outra vez.

O meu destaque para a melhor cena do episódio vai para a Cristina e a Arizona. As duas estavam sentadas e falaram sobre os pesadelos que cada uma delas tinha sobre o bosque. Nunca imaginei estas duas a terem um momento assim, foi bastante interessante.

Adoro que os paramédicos odeiem a April. A sério que isto me agrada. Ela e o Jackson andam felizes por estarem juntos, mas duas pessoas lixaram-se a sério pelo facto de eles terem andado a esconder o que sentiam um pelo outro. E não percebo a insistência do Jackson em falar com a Steph. Mas como é que ele tem a lata de tentar dizer-lhe seja o que for, mesmo que seja apenas pedir desculpa? Não há absolutamente nada que ele possa dizer que melhore a situação para a Steph. O que ele fez não se perdoa, mesmo que tenha sido algo que ele fez tão espontaneamente.

O Alex e a Jo foram castigados por continuarem a relação, a Mer ficou com uma cirurgia do Alex, o Derek quer roubar à Callie a parte essencial do trabalho que eles desenvolveram juntos para o projecto para o Presidente… Neste episódio até os casos médicos foram interessantes, excepto a parte do tipo creepy que queria o órgão dele de volta depois de o ter doado ao amigo. Just creepy.

Foi um bom episódio, desculpem o meu histerismo na primeira parte da review, mas foi emocionante para mim. Para a próxima vou tentar ser mais séria, prometo!

Nota:8/10

Diana Sampaio

Publicidade

Populares

she hulk poster

Recomendamos