Classificação

8
Interpretação
8.5
Argumento
8
Realização
7.5
Banda Sonora

Contém Spoilers!!

Legends of Tomorrow apresenta-nos um episódio bastante agradável, que se divide em duas linhas de história. A primeira é, como habitual, um novo caso. Mas desta vez não era uma criatura pacífica como tem sido nos últimos episódios, voltámos a encontrar um monstro, neste caso um polvo gigante, que fazia lembrar o kraken, que invade a cidade de Tóquio. A segunda linha de história é sobre Ray e Nora.

O facto de conseguirem ainda apresentar casos diferentes e fora da caixa quando já nos estamos a aproximar do episódio 80 a largos passos, é de louvar. E este foi um exemplo disso mesmo, o caso de Tagumo é muito interessante, apresentando-nos a história de um pequeno génio da realização, mas alguém que no fundo é profundamente infeliz e por isso não conseguiu imaginar nenhum outro final para a história. Como seria de esperar Legends trata este teme de uma forma leve, mas sem tirar a seriedade do assunto. Foi também bastante bom ver o lado mais sensível de Mick a ser explorado, e foi através de um impulso dado por Zari, o que me leva a dizer novamente que Zari foi uma adição muito boa à equipa e um dos membros que melhor se dá com os outros.

Vimos ainda a nova Amaya a ganhar um pouco a confiança de Sara e a puxar o seu peso pela primeira vez, quando decide voltar atrás e salvar Sara das garras do polvo gigante. Continuava a preferir que Amaya tivesse deixado a série de vez, ou então que tivesse ficado a antiga Amaya, esta história que eles arranjaram para a atriz continuar mas a personagem não, não ficou credível. Já sabíamos contudo que Amaya iria continuar na série, quando esta regressou à sua vida no final da temporada anterior.

Ray ficou encarregue da tarefa que mais queria e foi fácil de perceber que Nora e Ray têm bastante química no ecrã e portanto foi uma boa aposta em formarem este par. Nora continuava fugida e a recusar tudo o que estivesse relacionado com a sua magia. É levada a ajudar Constantine e para tal tem que ter um debate interior, entre a sua vontade de ajudar e o seu medo de se deixar controlar pela magia. Penso que aqui podiam ter explorado um pouco mais esta guerra interior, mas no final Nora decidiu fazer o mais correto. Em todos os sentidos, sendo que o final do episódio me deixou verdadeiramente surpreendido. Acredito que há um futuro para Ray e Nora e estou curioso para ver como é que vão fazer com que Nora consiga aparecer novamente. A meu crer, irá ser por necessitarem da ajuda desta na sua aventura principal desta temporada.

O que acharam?

Raul Araújo