The Gifted – 02×03 – coMplications
| 15 Out, 2018

Publicidade

[Contém spoilers]

People tolerate the things they hate

“coMplications” pode ser o nome do episódio, mas o que ele entregou foi sem dúvida um episódio poderoso e o melhor desde a estreia da 2.ª temporada.

Sean Teale no papel de Marcos Diaz é espetacular e com toda a certeza a melhor personagem da série no momento. O conflito interior, o coração destroçado e as emoções engarrafadas que ele transmite de episódio para episódio são de uma verdadeira categoria e tornam toda a história mais pessoal e envolvente.

Também de realçar que a sua visita à base de operações do Inner Circle foi mais que marcante. A luta de Eclipse contra as Cuckoo Sisters e contra Reeva foi uma boa cena de ação com destaque para a facilidade com que Reeva derrotou um mutante bastante poderoso como Marcos.

Como já tinha acontecido na 1.ª temporada, os pequenos flashbacks que nos fazem regressar aos passados das personagens são na sua maioria uma grande mais-valia e conseguem até por vezes superar o enredo que ocorre no presente. Esta semana a cena foi curta, mas com bastante impacto.

Uma dupla que também se portou muito bem neste episódio foi a de Lauren e Reed. O desmoronar da família Strucker foi outra das peças importantes do último season finale e desde a partida de Andy que as coisas só têm vindo a piorar. Esperemos que este grito de ajuda que Reed conseguiu libertar graças à filha seja o primeiro passo para conseguirem remediar a sua família. Só para dizer também que se a Kate não tivesse abraçado Reed no final passaria a ser a personagem que eu mais odiaria no mundo. Felizmente, tudo correu bem.

Quanto ao par de pombinhos, Clarice e John, a sua maior contribuição deveu-se a introduzirem-nos ao mundo dos Morlocks. A perspetiva deste grupo de mutantes clandestinos distingue-se bastante da filosofia quer do Inner Circle quer do Mutant Underground e previamente dos X-Men, o que nos traz um ponto de vista interessante e que esperamos que seja mais aprofundado nos próximos episódios.

“X-Files”:

  • Erg: é uma personagem criada em 1985 por Louise Simonson e June Brigman, com a primeira aparição em Power Pack #12. Este membro dos Morlocks destaca-se pelo seu poder chamado “electric eye”, que é capaz de absorver todas as formas de energia e dispará-las de volta através do seu olho numa poderosa explosão.

The Gifted entrega-nos assim o primeiro episódio da temporada que não é nem morno, nem quentinho, mas uma verdadeira “batata quente”. “I don’t wanna rest, I want to hit them back!” e é isso mesmo o que nos prometem em “outMatched” quando a team Mutant Underground chocar finalmente de frente com o Inner Circle. Em quem põem as vossas apostas? Até lá, não temam o que não conhecem!

Emanuel Candeias

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

the boys 4 homelander poster prime video

Recomendamos