Jack Ryan – 01×01 – Pilot
| 10 Set, 2018

Contém Spoilers!

Já era de prever, e confirmou-se ao ver o primeiro episódio, que quem goste do estilo de livros de Tom Clancy e Lee Child (este último escreveu os livros protagonizados por Jack Reacher) gostaria desta série que aparenta fazer jus à obra de Tom Clancy. O piloto foi cativante com uma boa mistura entre um ritmo lento e partes de ação e intriga.

O episódio começa por nos apresentar Jack Ryan, um analista da CIA que descobre um padrão de transferências de dinheiro suspeitas. Quando leva isto ao seu chefe, um ex agente de campo caído em desgraça, cuja reputação não lhe permite correr grandes riscos, este descarta a sua ideia, levando Jack a tomar uma medida por detrás das suas costas. O que parece ter sido uma má ideia leva Jack a caminho do Iémen acompanhado do seu chefe James Greer para ajudar no interrogatório de dois suspeitos que foram apreendidos.

Jack, que nunca tinha estado no terreno, não encara bem esta transição e cai um pouco desamparado no meio disto, mas na sua procura por Suleiman, um nome que ele tinha ouvido e que tinha a crença de ser um homem bastante perigoso e cheio de recursos, acaba por aceitar e entrar no avião. O interrogatório do homem que tinha sido apanhado a fazer as transferências não está a ter resultado nenhum e Jack acaba por ir dar comida e água ao guarda-costas, com quem conversa e acaba por formar uma ligação. Durante esta conversa, a base onde estavam é atacada por homens leais a Suleiman, criando um caos de tiros e explosões que permite a um homem infiltrar-se na base e resgatar o guarda-costas. O primeiro plot twist desta série, apesar de não ser muito surpreendente, é que o guarda-costas era na realidade Suleiman, o homem mais poderoso da sua organização. Jack acaba por conseguir escapar ao mostrar dotes de luta surpreendentes para um analista e um pensamento rápido ao criar uma situação em que seria desfavorável para Suleiman matá-lo. No meio do que restava da confusão e de corpos dos dois lados, Suleiman e o seu salvador (que acabamos por descobrir tratar-se do seu irmão) conseguem fugir sem chamar a atenção.

Com ambição renovada, com um desafio pessoal e a certeza de que Suleiman existe, resta-nos ver como Jack vai continuar a sua demanda ao longo desta temporada, que promete bastante. Ainda temos um pequeno vislumbre do motivo que levou Suleiman a começar uma campanha contra os EUA, uma vez que quando eram crianças ele e o irmão foram vítimas de um ataque de drones, ficando marcados para sempre e provavelmente perdendo familiares ou amigos. Este piloto foi muito bom, conseguindo cativar-me mais do que o suficiente para ter a certeza que irei ver o resta da temporada, que já se encontra disponível. Apesar de uma hora talvez ter sido demasiado, trata-se de uma excelente produção, com um bom elenco, com um especial destaque para John Krasinski como Jack Ryan.

O que acharam deste episódio? Ou da temporada, caso já tenham visto?

Raul Araújo

Publicidade

Populares

calendário estreias

Recomendamos