Cobra Kai – 01×01 – Ace Degenerate (Pilot)
| 03 Mai, 2018

[Contém spoilers]

Passado da validade?

A notícia de Cobra Kai foi recebida com um mix de nostalgia e apreensão. Após uma trilogia de Karate Kids, um filme em que Mr. Miyagi (um dos sensei mais famosos de sempre) recebe uma nova discípula, uma série animada e um remake com Jackie Chan e Jaden Smith, o que mais de surpreendente nos poderia dar esta saga?

É complicado mexer em produções antigas cujo brilho muitas vezes dependeu da época em que foram feitas e que olhando para trás achamos que nunca teriam sucesso nos dias de hoje. Agora que finalmente chegou o piloto, o que temos a dizer? Bem, existe o Bom, o Melhor e o Excelente. Se por acaso viram o trailer, mas ficaram com dúvidas se deviam espreitar ou não a série, deixem-se disso e vão já ao Youtube Red ver este episódio! De certeza que passarão a partilhar um pouco mais da opinião de Barney Stinson (How I Met Your Mother) quanto a quem é o herói de Karate Kid.

As minhas expectativas eram um pouco baixas quando comecei a ver este episódio, não só pelas razões que referi acima, como também não esperava uma grande qualidade na imagem e realização, e mesmo a interpretação achei que poderia ser fraca. Outra das razões foi o facto de esta série ser um original do Youtube Red, do qual nunca tinha visto nada anteriormente.

Jon Hurwitz, Hayden Schlossberg e Josh Heald são os criadores da série e os seus nomes poderão ser conhecidos de alguns amantes de comédia, principalmente os dois primeiros, que estiveram envolvidos nos filmes Harold & Kumar ou, como são conhecidos cá em Portugal, Grande Moca, Meu.

Quanto aos atores, o que nos interessa mesmo é saber como estão Ralph Macchio e William Zabka. Como acontece com muitas estrelas, após o grande sucesso em Karate Kid, parece que o seu brilho diminuiu bastante e é difícil lembrarmo-nos onde os vimos mais. Ralph entrou recentemente na série The Deuce, fazendo de Haddix, enquanto que Zabka fez dele mesmo em How I Met Your Mother.

Então e qual é a narrativa de Cobra Kai, perguntam vocês? Trinta anos após os eventos do primeiro filme, parece que a vitória e a derrota no All Valley Karate Tournament se estenderam para o resto das vidas dos protagonistas. Daniel LaRusso não é a estrela deste piloto, mas aparenta estar a viver a vida com tudo às mil maravilhas, já Johnny Lawrence… coitado do Johnny. Podemos dizer que a maioria do azar que ele tem se deve a ser tão rezingão e pessimista, mas também pode ser ao contrário. A vida não o anda a tratar bem de todo. No entanto, após uma sessão de cinema, acompanhado não com um balde de pipocas, mas uma litrada de whiskey, e a entrada na vida dele de um vizinho teenager chato que lhe cola um cheque rasgado, parece que as coisas estão prestes a mudar.

A qualidade de imagem e os cenários da série estão bastante impressionantes e realça-se também a banda sonora. A idade parece ter feito bem aos atores principais que, não sendo perfeitos, conseguem transmitir boas performances. Em suma, em termos técnicos compara-se às series de topo a que estamos acostumados.

É quase impossível ver o primeiro episódio e não passar logo de seguida para o segundo. A sorte é que estão os dois disponíveis gratuitamente no Youtube Red, sendo no entanto necessária uma subscrição para visualizar a partir do terceiro e o restante da temporada. Se no primeiro acompanhamos mais a vida de Johnny Lawrence, em “Strike First” é tempo de ver o que se passa com Daniel LaRusso. A conclusão ao final da segunda volta é que Cobra Kai é sem dúvida material para binge-watch. Com uma temporada de dez episódios, cada um com menos de 30 minutos, vai ser um instante enquanto esta série passa ao catálogo das já vistas.

Emanuel Candeias

Publicidade

Populares

calendário estreias

fire country poster

Recomendamos