Roseanne – 10×01 – Twenty Years To Life
| 31 Mar, 2018

Publicidade

Depois de 21 anos, a série Roseanne voltou ao ar e voltou com a promessa de manter o telespectador colado ao ecrã. Mantendo o mesmo formato, segue a vida de uma família que lida com os problemas que qualquer um de nós tem diariamente. A ação passa-se vinte anos depois do último episódio e mantém o elenco principal original da série.

Neste episódio, Darlene já está divorciada, encontra-se desempregada e foi viver para casa dos pais, juntamente com os seus dois filhos. Naquele dia tem agendada uma entrevista de emprego e revela à mãe que quem a vai levar a esse compromisso é a sua tia Jackie, com quem Roseanne mantém uma briga já de longa data. Darlene sente-se descontente com essa situação e acaba por convidar a tia para jantar lá em casa, numa tentativa de que faça as pazes com a mãe.

Entretanto, durante o jantar, Becky (irmã de Darlene) revela que decidiu ser barriga de aluguer, pois isso render-lhe-á todo o dinheiro de que ela precisa naquele momento e que nunca conseguiria ganhar enquanto empregada de mesa. Os seus pais mostram-se adversos a essa ideia, enquanto a tia Jackie incentiva Becky a fazer o que ela acha correto com o seu corpo, pois é ela que manda nele. Roseanne não aprova a postura da irmã perante o assunto e diz-lhe que a sua filha estaria a cometer um grande erro caso avançasse com essa ideia. E aí Becky responde-lhe que foi quando se afastou da irmã que se apercebeu que consegue tomar boas decisões sozinha e que nunca deveria deixar que Roseanne a fizesse sentir-se inferior e tomasse as suas decisões e disse-lhe que ela devia deixar de fazer o mesmo com os filhos, aconselhando-a a que deixe que sejam eles a decidir, por si mesmos, os caminhos que devem tomar. No final, as duas irmãs acabam por se entender e até partilham um abraço entre si.

Entretanto, Becky conhece Andrea, a senhora que a escolheu como barriga de aluguer. Andrea pede a Becky para conhecer a sua família, pois quer conhecer o seu historial genético, uma ideia que deixa Becky muito relutante.

Roseanne regressou e regressou com toda a força e com a garantia de continuar a fazer-nos rir e sentir que não estamos sós, que todas as famílias enfrentam problemas, quer eles sejam grandes ou pequenos, mas que o importante é que, no final, a união faz a força e que ao lado dos que nos são mais próximos tudo fica muito mais simples. É um revival que promete não desapontar, pelo contrário, promete entreter, emocionar e ‘gargalhar’.

Beatriz Reis

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

apples never fall

Recomendamos