Inhumans – 01×06 – The Gentleman’s Name is Gorgon
| 30 Out, 2017

Publicidade

Contém Spoilers!!

Não sei se se lembram que no episódio anterior fiz uma previsão do que iria acontecer, no geral, nos três últimos? Bem, o que aconteceu é que no primeiro desses acertei, o que não abona muito a favor da série, por se ter tornado rapidamente previsivel. No entanto, às vezes, fugir ao que é fácil pode também ser um erro e ao não o fazer, Inhumans conseguiu um dos melhores episódios até agora (não que tenha sido particularmente bom). Neste episódio, Black Bolt e Medusa reúnem-se com Crystal enquanto Gorgon e Karnak partem em salvamento de Evan e Sammy.

Maximus, na Lua, começa a rodear-se de guardas cada vez mais, dificultando a tarefa a Tibor e ao seu grupo de rebeldes. Assim, este último tenta convencer Maximus que ele corre perigo de vida e que se devia reunir com ele sozinho numa sala. Este, no entanto, não se deixa enganar, mesmo apesar de Bronaja, o rapaz vidente, lhe mentir quanto à sua visão do encontro com Tibor. Tenho uma teoria sobre como é que o Maximus se apercebeu da mentira, ele claramente apercebe-se que o rapaz teve uma visão e já tinha testado em episódio anteriores que sempre que Bronaja via alguma coisa eram situações de perigo eminente, nunca teria uma visão dele e Tibor a conversarem felizes. Assim, captura todos os rebeldes e mata Tibro à frente deles. Maximus repete diversas vezes no episódio que o povo o ama; nós, os espectadores, pouco vimos dessa suposta devoção, acho que podia ter sido uma vertente mais explorada.

Na terra, Crystal cria relâmpagos para mostrar à sua família onde é que se encontra e a sua relação com Dave dá um passo em frente, algo que a sua ex-namorada já se estava a aperceber que iria acontecer e, por ciúmes, chama a polícia para o local onde Lockjaw (muito possivelmente a melhor personagem da série) se encontra. Entretanto, Louise, Medusa e Blackbolt já se reencontraram com Crystal quando a polícia chega. Eles transportam-se para fora dali, deixando Louise e Dave a acusarem a sua ex-namorada de estar completamente enganada. Apesar de se terem despedido, não acredito que a sua participação na série fique por aqui. Já imaginaram o que deve ser descobrir que a nossa conceção do mundo está completamente ‘estreita’ face ao que devia ser e de repente de um momento para o outro ficarmos sozinhos sem ninguém que comprove ou acredite nisso.

Por fim, Gorgon e Karnak vs Auran, Modris e um exército de mineiros. Karnak ainda não tinha recuperado os poderes e portanto quem deu a melhor ideia de como combater foi surpreendentemente Gorgon, numa tirada que ainda levanta esperanças para o futuro desta série. Auran não sabe que Karnak não tem poderes portanto, se ele simplesmente andar em direção a eles com toda a confiança, ela não irá disparar por achar que é exatamente isso que ele quer e que previu alguma maneira de os vencer. Tendo por base esta premissa, a luta não foi difícil, pelo menos até perto do fim, quando Modris tenta uma jogada suicida e Gorgon, para o impedir, acaba por destruir a sala com eles lá dentro, acabando por matá-los, aparentemente, aos dois; Modris é quase certo, uma vez que vemos a máscara dele e sem ela haveria um laser a ser disparado algures.

Este episódio foi mais lento que o anterior, mas ligeiramente melhor e, agora, o gangue já está todo junto e pronto para voltarem a Attilan e defrontar Maximus. Uma estratégia que também foi discutida durante o episódio era matá-lo ou dar-lhe um julgamento e deixar o povo decidir. O que fariam nessa situação? Tendo em conta que supostamente o povo o adora e que Black Bolt esteve distante do povo durante o seu reinado?

Raul Araújo

Publicidade

Populares

estreias calendário séries março 2024

A Gentleman in Moscow Skyshowtime

Recomendamos