Classificação

8.6
Interpretação
8.4
Argumento
8.5
Realização
8.9
Banda Sonora

Atenção: esta review contém SPOILERS!

Pouco a pouco, esta quarta temporada de The Originals aproxima-se do seu fim.

Após descobrir que a Hollow está a usar um totem mágico para se proteger, Freya recruta Rebekah e Klaus para a ajudarem a encontrá-lo e destruí-lo. Noutro local, a Hollow faz um ultimato a Kol, colocando-o contra os seus irmãos. Ao encontrarem-se inesperadamente, Marcel e Rebekah são forçados a confrontar a crescente tensão entre ambos. Por último, os planos que a Hollow tem para Hayley fazem com que esta lute pela sua sobrevivência.

A Spirit Here That Won’t Be Broken abre com uma cena entre Kol e Davina que, no episódio anterior, foi trazida de volta por Hollow. A bruxa parece ter a certeza de que a sua nova vida será bastante curta, pelo que pede a Kol que não traia a sua família e, em vez disso, os ajude a derrotar esta ameaça. No entanto, o Original recusa-se a perder Davina novamente e, para a manter viva, vê-se forçado a seguir as ordens de Hollow. Esta encarrega-o de salvaguardar um totem que materializa o seu feitiço de proteção até que Inadu esteja satisfeita.

No complexo da família Mikaelson, Hayley repara que o amuleto que contém a alma de Elijah se está novamente a fragmentar e leva-o a Freya. A bruxa afirma que têm que trazer de volta o seu irmão o mais rapidamente possível ou arriscam perdê-lo para sempre. Mas, tal como foi mencionado em episódios anteriores, este tipo de feitiço requer um sacrifício (o de Hollow) para que Freya possa canalizar este poder e utilizá-lo para ressuscitar Elijah. Formulam, então, um plano: como o sangue da linhagem Labonair é o ponto fraco de Inadu, utilizarão o sangue de Hope, a única Labonair viva, para a destruir. Como era de esperar, Klaus demonstra-se relutante em relação a esta ideia, mas Hayley acaba por o convencer.

No cemitério, Josh visita a campa de Davina quando é abordado por Marcel. O vampiro procura Vincent, afirmando que este se encontra desaparecido. Apesar de Josh se oferecer para ajudar Marcel a procurar o bruxo, este vai-se embora, pedindo apenas a Josh que o informe se ouvir algo. Realmente, onde está Vincent?

De volta à mansão, Freya realiza um feitiço localizador com o objetivo de rastrear a magia de Hollow. É com este feitiço que a bruxa descobre que Inadu está a utilizar um totem para aumentar o seu poder e se proteger. Freya afirma que este totem tem de ser destruído antes de poderem enfrentar Inadu, e Rebekah voluntaria-se para realizar a tarefa, com a ajuda de Kol. O que Rebekah não sabe é que Kol é quem está a guardar este totem; ao chegar ao local designado, a Original é encontrada por Marcel, que se oferece para a ajudar, mas os dois são emboscados por Kol, que os aprisiona com um dos seus objetos negros.

Ao aperceber-se que Rebekah pode estar em perigo, Freya envia Klaus em busca da sua irmã enquanto a bruxa e Hayley vão atrás de Hollow. Freya demonstra alguma hesitação em entrar na casa onde Hollow se encontra pois, pela primeira vez, sente que tem algo a perder – ou alguém. Já dentro da casa, Hayley e Freya são facilmente derrotadas por Inadu. A poderosa bruxa envia a mente de Hayley para um local idealizado pela mesma, enquanto se encarrega de a envenenar de modo a enfraquecê-la. Nesta alucinação, a lobisomem vê Jackson (Nathan Parsons), que se apresenta como uma presença pacífica e reconfortante. Hayley não tarda a perceber que este é Hollow e que apenas a está a empatar, e consegue retornar a um estado de consciência. Simultaneamente, Freya é vítima de alucinações nas quais vê a morte de Keelin, o seu maior medo.

Na igreja, Kol e Davina partilham outra cena na qual a bruxa menciona um feitiço capaz de quebrar a ligação que esta tem a Inadu. O Original está familiarizado com o feitiço e conhece a pessoa indicada para o realizar: a sua sobrinha, Hope. Antes de partir, Kol pede a Davina que, caso este não se encontre com ela por volta da meia-noite, parta para longe de Nova Orleães sem ele. No complexo, Kol pede a Hope que o ajude a libertar Davina da influência de Hollow e ensina a pequena bruxa a realizar o feitiço necessário.

Marcel e Rebekah, aprisionados pelo objeto negro de Kol, encontram-se cada vez mais fartos da companhia um do outro. Rebekah sugere queimar a casa de modo a quebrar o feitiço que os aprisiona, mas Marcel apresenta-se contra esta ideia. Os dois são interrompidos por Klaus, e rapidamente o informam que Kol é a razão pela qual estão cativos. O Original parte ao aperceber-se que o seu irmão se encontra no complexo, com Hope, deixando Marcel e Rebekah novamente sozinhos. Rebekah não esconde o quanto não gosta de Sofya, e Marcel, farto de lidar com a Original, ajuda-a a incendiar a casa mais rapidamente.

De volta ao complexo, Klaus confronta Kol em relação à sua traição. Enquanto lutam, Kol tenta explicar a Klaus a razão que o levou a trair a sua família. Apesar de, inicialmente, planear torturar o seu irmão, Klaus resolve deixá-lo viver após destruir o totem, uma vez que Kol apela ao lado emotivo e misericordioso do seu irmão ao mencionar Cami.

Hayley continua a ser torturada pela alucinação de Jackson, que se transforma, depois, em Elijah – a versão do Original que Hayley tenta esquecer. Freya procura uma maneira de a libertar do local onde Inadu mantém Hayley cativa, mas a alucinação de Keelin continua a atacar as suas inseguranças. Uma vez que Klaus destrói o totem, as alucinações desaparecem e Freya consegue reunir-se com Hayley. Com a ajuda de Freya, a lobisomem consegue, finalmente, matar Inadu. Ao mesmo tempo, Hope concretiza o feitiço que separa a bruxa de Davina.

Na cidade, Davina encontra-se com Josh e agradece-lhe por falar com ela, mesmo que esta não pudesse responder. É um momento enternecedor entre os dois personagens que conhecemos já desde a primeira temporada e devo dizer que é uma dinâmica da qual já tinha saudades. Josh faz companhia a Davina enquanto esta espera por Kol que, finalmente, chega. Os dois resolvem deixar Nova Orleães para trás e partem juntos rumo a novas aventuras.

Entretanto, Marcel e Rebekah conseguem, finalmente, escapar ao cativeiro. Já livres, os dois discutem a sua relação e chegam à conclusão que é melhor cada um seguir o seu próprio caminho, mas quando pensamos que é realmente isto que vai acontecer, os vampiros partilham um beijo que nos leva, novamente, a questionar o que será feito desta relação.

Ainda neste episódio, Freya consegue trazer Elijah de volta, mas Hayley não está presente quando isto acontece. A lobisomem encontra-se no Bayou, a refletir sobre a sua relação com o Original e todo o seu discurso nos deixa um pouco confusos em relação ao que irá acontecer daqui para a frente entre Hayley e Elijah.

Este episódio foi toda uma jornada emotiva. Muito honestamente, não pensei que Davina fosse sobreviver ao episódio, pelo que fiquei completamente surpreendida ao vê-la partir com Kol. Será que é desta que Claire Holt regressa de vez a The Originals? Provavelmente não, mas podemos continuar a sonhar. Estará Hope possuída por Hollow? O que queria Hayley dizer com “Sei o que tenho que fazer”?

Sintam-se livres de partilhar as vossas opiniões em relação ao episódio e qualquer teoria que possam ter.

Inês Salvado