Orphan Black – 05×03 – Beneath Her Heart
| 27 Jun, 2017

Publicidade

Bem, Clone Club… estamos de volta com boas notícias para a nossa série favorita. Depois de um episódio agridoce na semana anterior, Orphan Black volta novamente a toda a sua força e esplendor. A ciência pode ser um dos elementos mais importantes desta história, mas nunca nos esqueçamos que o que nos faz seguir esta maravilhosa série são as magníficas personagens que a compõem. Beneath Her Heart foca-se em Allison, a sestra mais “outsider” de todas.

Se repararmos, Allison foi sempre a personagem que mais se distanciou desta jornada em busca de respostas. Foi sempre aquela que, dentro do seu conservadorismo, foi sempre colocada de parte na narrativa. Ser colocado à parte na narrativa não significa que a personagem não tenha direito à sua fração de história… muito pelo contrário, neste caso. Allison foi sobrevivendo temporada após temporada através do humor que rodeia a sua relação com Donnie. Os seus maneirismos particularmente caricatos tornam-na num asset dos argumentistas para proporcionar uma leveza ao enredo quando este é dramaticamente pesado. Ultimamente, Allison tem sido “ofuscada” pelo constante crescimento de Donnie no panorama geral da série. Os dois funcionam muito bem, mas foi em Donnie que os argumentistas decidiram apostar mais. Este passo é compreensível, permitindo que Tatiana Maslany não necessite de estar constantemente a mudar de persona em prole de umas gargalhadas fáceis.

É precisamente o carinho que a equipa de Orphan Black tem pelas personagens que faz com que a série brilhe, mesmo nos seus momentos menos bons. Em Beneath Her Heart, as nossas adoradas sestras choram a morte de M.K. e Kira continua a submeter-se aos estudos da DYAD. Somos levados para um flashback delicioso de “How Allison Met Cosima” e somos igualmente confrontados mais tarde com uma invasão de propriedade na casa dos Hendrix. O que há de tão interessante nestas pequenas linhas de sinopse? É que é Allison que rouba toda a atenção. Este episódio leva Allison a confrontar os seus próprios medos, receios e defeitos mais superficiais. Maslany consegue encontrar uma linha de compaixão para aquela que seria a sestra menos interessante para o enredo. Fá-lo ao conjugar a personalidade fútil e superficial de Allison e força-a a bater no fundo. O seu egocentrismo característico é rompido quando finalmente Allison decide que já chega de ser posta de lado e procura fazer justiça pelas suas próprias mãos.

É na adaptabilidade da performance de Tatiana Maslany que Beneath Her Heart emerge como um dos melhores episódios da série. No entanto, sente-se que o episódio age como uma despedida da própria personagem. Talvez seja, definitivamente, a melhor decisão e, pelo menos, a equipa de Orphan Black mostra que mantém o seu toque de originalidade para o conseguir, ao contrário de muitas das séries de televisão atuais.

Portanto, este novo episódio é uma viagem importante e emocional pela vida de uma das mais subvalorizadas sestras e que alcançou aqui a sua plenitude. Tem humor, drama e, acima de tudo, uma dedicação fugaz de Maslany.

Jorge Lestre

 

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

Clãs da Galiza Clanes Netflix

Recomendamos