Blindspot – 02×20 – In Words, Drown I
| 07 Mai, 2017

Publicidade

Esta semana, Blindspot apresenta-nos um episódio num esquema já muito utilizado por diversas séries policiais, um episódio de fuga de prisão, em que a equipa tem que trabalhar infiltrada para ajudar uma presidiária a escapar, de modo a conseguirem chegar ao número dois de Shepherd.

E é assim que começa o episódio, com Zapata a passar pelo processo normal de quem vai preso. Zapata foi escolhida por ter menos hipóteses de ser reconhecida que Jane e porque o alvo da equipa era uma mulher. Devon (interpretada por Ronda Rousey) é namorada de Parker, o segundo no comando a seguir a Shepherd. Zapata infiltra-se na prisão sem ninguém de lá – nem mesmo nenhum dos guardas prisionais – saber que ela é uma agente, com o intuito de descobrir qualquer informação que possa ser útil.

Consegue pela primeira vez ganhar o respeito e atenção de Devon quando a ajuda numa luta contra um grupo de presidiárias afro-americanas. Deste modo consegue ganhar um pouco da confiança de Devon, até que após um momento de partilha uma das presidiárias envolvidas na luta anterior esfaqueia Devon e a manda para a enfermaria. Isto leva Zapata a perceber que o melhor modo de chegar a Parker é evadirem-se da prisão. Para tal é preciso, no entanto, a ajuda do resto da equipa, o que leva Weller a infiltrar-se para acabar com o gerador principal da prisão e lhes dar oportunidade para fugirem. No entanto, no meio do processo da fuga, encontram novamente o mesmo grupo de mulheres e envolvem-se numa luta até serem interrompidas pelas guardas. No meio da confusão, Zapata e Devon escapam para depois, com a ajuda de Jane, que rebenta o gerador secundário, conseguirem fugir.

Cá fora encontram-se com Parker, só que aqui a coisa começa a correr mal; este reconhece Zapata e portanto raptam-na. A equipa consegue localizá-la e Jane, juntamente com Weller, acaba por se envolver numa luta direta contra Parker e Devon, acabando por conseguir salvar Zapata e prender Parker.

Durante este episódio acontecem duas das grandes revelações de que estávamos à espera. Jane conta a Weller que Roman foi responsável pela morte de Emma, o que despoleta alguma raiva neste, mas que após confrontar Roman acaba por decidir confiar em Jane à mesma. Esta rápida confiança leva-me a crer que o par se envolverá romanticamente antes do final da temporada. A segunda revelação foi que Roman lembrou-se que foi Jane a tirar-lhe a memória e ataca-a com uma faca.

Foi um episódio bastante bom. Apesar do esquema da fuga da prisão infiltrada que já todos provavelmente vimos em alguma outra série, aquilo que torna cada episódio único é aquilo que as diferentes personagens trazem ao episódio e, neste parâmetro, Blindspot porta-se bastante bem. Como referência posso dizer que, na minha opinião, o episódio deste tipo mais único que vi foi o de The Mentalist. Houve um salto bastante importante em termos de ação, o que me faz ansiar mais pelos episódios que restam. O que acharam?

Raul Araújo

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

trying 4 apple tv+

Recomendamos