Classificação

7.5
Interpretação
8
Argumento
8
Realização
9
Banda Sonora

Quantico regressa para a reta final com um episódio bastante diferente do habitual. Em vez do esquema em que alterna entre o passado e o presente, toda a ação se passa ao mesmo tempo. A história segue o episódio anterior, começando no momento imediatamente antes de cada membro da nova equipa ser chamado.

Assim a equipa reúne-se num bar e é apresentada a primeira surpresa. Na realidade, a equipa não seria liderada por Caleb, mas sim pelo seu irmão Clay. Isto é uma má noticia para Shelby, que é logo confrontada por este, que deixa bem claro que não gosta dela pela relação que teve com o seu pai. Este acaba mesmo por infantilizar Shelby.

A equipa volta à sua antiga casa na quinta e são confrontados com a sua missão. Devem descobrir os membros influentes da AIC para depois os derrubarem ao mesmo tempo. Neste episódio o objetivo seria perceber quem forneceria o dinheiro e tal poderia ser feito investigando um acidente de aviação recente. Sem ideias, necessitam de uma ajuda externa e é assim que Owen integra esta equipa. Depois da sua sugestão de seguirem o dinheiro, vão a uma festa onde estariam em simultâneo os três possíveis suspeitos. Alguns disfarçados, outros com a sua própria identidade, acabam por conseguir infiltrar Alex no escritório de Sean, onde encontra Harry, que a ajuda. Acabam por descobrir uma fraude, mas nada podem fazer quanto a esta para não arriscar assustar os membros da AIC. Harry ajuda Alex a descobrir o próximo passo e acaba por confessar que já não trabalha para o MI6. Infelizmente, por enquanto, Harry não obteve permissão para se juntar à equipa.

Alex resolve o mistério ao descobrir com Harry quem foi a pessoa que verdadeiramente mais beneficiou com a queda do avião, descobrindo assim o financiador da AIC antes que a equipa fosse dissolvida.

Ao longo deste episódio é interessante observar a dinâmica à volta de Shelby, que ainda não tinha conseguido perdoar Nimah nem ser perdoada por Clay. Ambas as relações têm uma evolução. Existe também o começo de uma história paralela que envolve León e uma conspiração à volta dele.

Foi uma estrutura diferente, mas bastante agradável face ao habitual de Quantico. Espero que os restantes episódios sejam feitos à semelhança deste. Caso tal aconteça ainda teremos uns seis episódios com algum interesse pela frente. É de destacar a banda sonora deste episódio que, em relação aos anteriores, achei claramente superior. Que acharam?

Raul Araújo