Legends of Tomorrow – 02×13 – Land of the Lost
| 08 Mar, 2017

Publicidade

Contém Spoilers!!

A aproximar-se do final da temporada, Legends of Tomorrow oferece-nos um episódio bastante bom, à volta da história principal e com três frentes. Uma viagem à mente de Rip; uma viagem ao passado, ao mesmo sítio onde Ray tinha sido abandonado; e novamente uma dinâmica entre a dupla Stein e Rory. Trata-se de um episódio de boa qualidade e com alguns momentos estranhos (não necessariamente maus) que retratam uma história de amor entre um homem e uma inteligência artificial.

Na semana passada tinha ficado levantada a dúvida se Rip teria algum controlo sobre Gideon e a resposta surge logo no começo; Rip tinha acesso a uma frase que dava override em Gideon, fazendo com que tenha que lhe obedecer. Assim, Rip causa estragos no Waverider, acabando por ser capturado, mas não antes de impedir a nave de poder viajar, enviando-os assim para o tempo antigo onde Ray já tinha ficado preso antes. A equipa divide-se em três grupos: o primeiro é constituído por Ray, Amaya e Nate, com o objetivo de sobreviver no mundo jurássico e recuperar uma peça do navio que ficou perdida; o segundo trata-se de Jax e Sara, cujo objetivo é entrar dentro da mente de Rip e tentar remediar o mal que foi causado pela legião; o terceiro e último é a dupla Stein e Rory, que ficam a vigiar a nave e o processo da invasão mental.

Primeiro o foco é na jornada de sobrevivência do trio Nate, Amaya e Ray, que começam por encontrar logo um terrível inimigo, um dinossauro fêmea chamado Gertude, que tinha guardado ressentimentos contra Ray desde que este lhe comeu um ovo. Encontram um abrigo . o mesmo que Ray tinha construído antes – onde descansam e Ray aproveita para revelar a Nate o futuro de Amaya, argumentando que este não pode criar uma relação com ela. Quando encontram a peça em falta, são confrontados por um T-Rex e só o jeito de Amaya com os animais consegue salvá-la de ser comida de dinossauro.

Entretanto, Sara e Jax encontram-se dentro da mente de Rip, que se trata de uma representação do Waverider, mas mais escura. O seu primeiro encontro foi com uma versão de Sara malvada e rapidamente inferem o que foi feito à sua menteM Rip está constantemente a conviver com uma versão malvada da sua equipa. Sara é a primeira a encontrar Rip, que não consegue vencer a sua mente, enquanto que Jax encontra uma mulher, da qual reconhece a voz apesar de nunca a ter visto. Sim, trata-se da incarnação de Gideon na mente de Rip. Todos juntos percebem que vencer várias vezes os seus “sósias” não adianta, a revolução tem de partir de Rip, e só quando este demonstra que recuperou a vontade e a força mental é que os “sósias” desaparecem. Antes de Rip regressar ao mundo real, partilha um estranho beijo com Gideon, a achar que aquilo se passava apenas na mente dele, até que a versão de Gideon do mundo real lhe fala do mesmo acontecimento.

Com Rip de volta, uma das questões que se levanta é quem é que irá ser o capitão da nave? Será que Rip não está demasiado danificado para conseguir levar a cabo essa responsabilidade ou Sara estaria a fazer um bom trabalho?

Com o último pedaço da lança ao alcance tanto da Legião do mal, como das lendas, o final da temporada aproxima-se a correr e a um bom ritmo, os próximos episódios prometem muita ação. O que acharam?

Raul Araújo

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

mayfair witches estreia

Recomendamos