The Flash – 03×06 – Shade
| 16 Nov, 2016

Publicidade

Sonhos, pesadelos, visões e segredos

The Flash regressa para um episódio em que as apostas eram elevadas, com Wally à beira de recuperar os seus poderes, a previsão de Caitlin tornar-se Killer Frost, a tentativa de apanharem Dr. Alchemy e a apresentação de Savitar. Infelizmente, nem tudo correu da melhor maneira e houve uma sensação de que os produtores saltaram algumas partes da história, apressaram outras e umas nem se compreende bem a sua relevância.

O vilão da semana foi mais uma vez um desperdício de tempo, sem lhe darem qualquer tipo de motivações ou personalidade. Mesmo servindo apenas como um dos lacaios de Alchemy para distrair o Flash, isso não explica o porquê de ter morto a primeira vítima ou o ataque kamizake a Joe. Isto revela um desleixo dos escritores, esperando que nós público ignoremos esses erros e nos foquemos apenas no grosso do enredo, mas são os pormenores que tornam a história muito mais rica.

Tal como no último episódio de Arrow, houve esta semana um foco no vilão principal, neste caso Dr. Alchemy. Mas chegando ao fim do episódio continuamos sem saber nada de novo sobre ele, apenas mais dúvidas. Afinal, é ele o verdadeiro grande vilão ou apenas um dos servidores deste novo velocista, Savitar, The God of Speed? O súbito desaparecimento de Julian a coincidir com o aparecimento deste vilão levanta obviamente muitas suspeitas. Ter-se-á Julian transformado em Savitar? Também dá que pensar esta aparição precoce de Savitar, ainda nem sabemos os planos de Alchemy ou os seus poderes – ou vá, praticamente nada. Ele consegue restaurar os poderes a pessoas que os tinham durante o Flashpoint, mas tirando isso ele é mesmo assim tão perigoso? São os seus poderes um desafio para Flash? Podemos compará-lo ao aterrador Zoom ou ao maléfico Reverse Flash? O que quero dizer é que Alchemy ainda não foi estabelecido como um verdadeiro perigo para já estarem a ser introduzidas novas grandes ameaças. No final, este confronto entre Flash vs Alchemy + Savitar soube a muito pouco. E sobre o visual de Savitar, o que acharam?

Joe esteve bastante bem no episódio. Desde o avanço no seu interesse amoroso, a maneira como lidou com a situação de Wally e a ideia de envolver o resto da força policial na captura de Alchemy, pode-se dizer que o detetive esteve de parabéns esta semana. Quanto a Wally é um misto de aborrecimento pela sua rebeldia adolescente, intercalado com o seu interessante desejo de ajudar os outros e as suas ações corajosas como a de ser usado como isco para levar a Team Flash até Alchemy. Sinceramente, se não tivessem pensado nisso tinha sido uma grande falha. O terceiro membro da família West deu-nos dois bons momentos: através da conversa entre Iris e Barry, em que ela diz que por vezes sente que o seu papel na equipa é irrelevante, enquanto que Barry reforça a ideia de Iris ser a sua âncora e que sem ela não existiria o Flash; e soube bem ver Iris a espetar um soco em Wally (a rapariga tem um bom gancho).

HR começa a ser um sabor agridoce. O seu humor e a sua atitude relaxada suportada por uma mente inteligente com um plano escondido são fatores interessantes e cativantes, mas a falta de preocupação do resto da equipa sobre o papel dele é meio preocupante. Enquanto no passado HR fingia ajudar repetindo o que os outros diziam, neste episódio parece acontecer o inverso, ele dá ideias e faz parecer que foram os outros a tê-las. Repararam nas moedas de HR da Terra-19, os Helbings? São uma piada privada com referência aos nomes dos produtores executivos Aaron Helbing e Todd Helbing. Nesta onda de referências, para além de falarem especificamente do filme The Shining, baseado na obra de Stephen King, Cisco, que pelos vistos não gosta muito do filme, estava no entanto a usar uma T-shirt de uma das famosas cenas do filme: “Here’s Johnny!”.

E chegamos a outro dos pontos críticos desta temporada, a jornada de Killer Frost. Caitlin está desde o segundo episódio, e há meses na linha temporal da série, a guardar segredo de que está a desenvolver poderes e de repente é apanhada a usar umas algemas e revela tudo a Cisco sem mais nem menos? Foi dos 0 aos 100 num instante! A revelação era esperada, claro, mas pareceu muito apressada e fora do contexto. Já a visão de Cisco foi fantástica, vemos pela primeira vez Cisco e Caitlin da Terra-1 a usar os seus fatos e apesar de terrível, por indicar que Caitlin pode virar realmente uma vilã, o prelúdio de uma luta entre full-on Vibe vs Killer Frost é deveras entusiasmante. “Nunca ajuda quando guardamos segredos um dos outros”. Por seu lado, a decisão de Cisco de contar a todos o segredo de Caitlin não podia ter sido mais acertada e Caitlin devia ter feito isso há muito mais tempo. A versão da Killer Frost da Terra-2 pode assombrar Caitlin, mas será que ela tem mais algum indício concreto de que pode vir a mudar para o lado negro? Reverb também era um vilão e Cisco tem usado os seus poderes para o bem, sem falar que mesmo Killer Frost tinha um lado bom e ajudou a Team Flash. Os produtores ainda não esclareceram se esta alteração de Caitlin realmente afeta as suas emoções e há uma explicação lógica para ela de repente se tornar uma assassina ou se isto é tudo apenas um medo irracional. O mais seguro seria treiná-la para controlar e aceitar os seus poderes. Para além disso, a visão de Cisco mostrou os dois a lutar, mas isso não quer dizer que Caitlin seja a má da fita, existem dúzias de outras explicações para o que ele viu. Fica assim a dúvida, irá Caitlin mesmo tornar-se uma vilã? Será inevitável?

Para os fãs da heroína Vixen e para quem seguiu a 1.ª temporada da minissérie animada da Warner Bros e da CW, a 2.ª temporada já se encontra disponível e parece ser focada nos outros colares que dão ao seu utilizador poderes sobre os elementos.

Muitos acontecimentos ocorreram esta semana em “Shade”, mas o encadeamento pareceu emperrado e as revelações não tiveram o impacto desejado. Resta-nos esperar que o próximo episódio tenha o impacto que o título sugere… “Killer Frost”. Até lá, boas corridas.

Emanuel Candeias

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

mayfair witches estreia

Recomendamos