Fear The Walking Dead – 02×14/02×15 – Wrath/North (Season Finale)
| 05 Out, 2016

Publicidade

Contém SPOILERS!

E assim chegou o season finale de Fear The Walking Dead com direito a episódio duplo! Muitos desenvolvimentos estavam por acontecer, o que levou a que tivéssemos mais de uma hora de acontecimentos surpreendentes e outros nem por isso.

Começando com Ofelia… é surpreendente que tenha conseguido chegar à fronteira dos EUA. O seu desejo de reencontrar o ex-noivo leva-a numa aventura solitária, e pouco desenvolvida, pelas perigosas estradas mexicanas. Pelo caminho consegue matar zombies, evitar ser infetada e ser capturada por um estranho com armamento militar… e julgo que se trata do mesmo grupo que vimos no fim do segundo episódio!

A situação no hotel fica insustentável com a chegada de sobreviventes. Para piorar a situação, os turistas que acompanhavam Chris continuam com o seu habitual comportamento execrável e julgam-se as duas últimas bolachas do pacote. Madison ainda os tenta expulsar antes que Travis os veja… mas é tarde demais! Após os questionar, os jovens confessam que tiveram um acidente e mataram Chris por este estar demasiado ferido. Desesperado, Travis mata-os com as suas próprias mãos e, por acidente, fere Oscar de morte. Não havendo alternativa, Madison negoceia a saída da sua família do grupo. A situação piora mais e apenas conseguem fugir com a ajuda de Strand. Pela primeira vez gostei de Travis! Aquela postura demasiado humana fazia dele um dos elementos menos preparados para a nova realidade mundial. Embora pareça arrependido, julgo que o velho Travis morreu com a notícia da morte do filho. E bem precisa de evoluir para proteger a sua família! Contudo, julgo que a explicação da morte de Chris traz água no bico e não me espantaria que estivesse vivo algures e que tenham mentido sobre o que realmente lhe aconteceu.

A comunidade de Alejandro está em perigo e acaba por seguir o conselho de Nick, abandonando o local para caminhar em direção ao suposto sítio onde existe um campo de sobreviventes. Quem acaba por ficar para trás é Alejandro, que afinal não é imune e está em pleno processo de transformação. O gangue invade a comunidade e acaba transformado em comida de zombie, graças à armadilha de Alejandro. A aproximação da morte acaba por revelar a mentira que o chefe do grupo construiu em torno de si… afinal Alejandro não passa de um homem assustado, com medo da morte e do ataque iminente, que no fim até acaba por revelar um altruísmo cliché para salvar o seu grupo e matar os maus da fita.

Travis, Madison e Alicia partem em direção ao armazém do gangue que sabe da localização de Nick, mas quando lá chegam encontram um mar de zombies e apenas Alejandro está vivo… por pouco! Noutro dos clichés do episódio, Alejandro apenas tem forças para contar ao trio em que direção Nick partiu com o grupo.

Por fim, Nick chega à fronteira e verifica novamente a existência de um local onde existe um helicóptero. Tudo seria um mar de rosas se não fossem as balas que começam a atingir o grupo vindas de um grupo bem armado e com fardas militares. Luciana é atingida e o grupo dispersa em terror puro. Afinal, ficar na comunidade teria sido melhor opção, já que tinham a barreira de zombies para os proteger.

Em suma, tivemos uma temporada mediana, com três episódios mais fracos, mas que na generalidade se revelou francamente melhor que a temporada inicial. As personagens começaram a ser desenvolvidas, embora as principais sejam demasiado estereotipadas, criando um enredo pouco atrativo nos momentos onde faltou ação. Mediante isto, julgo que a terceira temporada  irá revelar grandes melhorias!

Como elemento positivo, os reencontros entre os membros que seguiram caminhos diferentes foram mais difíceis do que estávamos habituados em The Walking Dead e, para confirmar isso, temos a situação de Nick que ainda não se reuniu com a sua família.

Para a terceira temporada o hotel ficará para trás, contudo, dada a importância de Strand, o personagem poderá ser recuperado mais à frente. Teremos o abandono dos cenários mexicanos (gracias a Dios) e o retorno aos EUA onde um grupo fortemente armado fará a vida difícil aos nossos protagonistas.

Aos seguidores da série que ao longo de toda a temporada se queixaram da má qualidade dos episódios, desistam! Para quê continuar a ver uma série semanalmente para depois espalharem pelas redes sociais que FTWD está cada vez pior? Séries novas não faltam, arrisquem! Aos verdadeiros viciados em walkers, o regresso de The Walking Dead está já aí!

Ah, e voltaremos a ter reviews da série quando ela voltar!

Rui André Pereira

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

the boys 4 homelander poster prime video

Recomendamos