High Maintenance – 01×01 – Meth(od)
| 20 Set, 2016

Publicidade

High Maintenance relata-nos a história de um traficante de marijuana. Um aparte, é curioso que numa altura em que ainda estou imbuída no espírito da 2.ª temporada de Narcos, as duas últimas reviews de pilotos que faço falam precisamente de traficantes de droga. Mas a qualidade desta série em nada tem a ver com a última review que escrevi.

Esta de que aqui falo já existia enquanto websérie, desde 2012, contando com seis temporadas, e é agora transportada para a televisão, pela HBO. A personagem central, e nem sempre a principal, é o The Guy; nunca chegamos a saber o nome da sua personagem. Curiosamente, além de ator, Ben Sinclair é em simultâneo o criador da serie, juntamente com a sua mulher. Adiante, The Guy tem aspeto de tudo exceto de traficante, vestindo-se de uma forma bastante casual, andando na sua bicicleta a fazer as entregas de droga.

Neste primeiro episódio vemo-lo a levar material a um rapaz que está a ter uma discussão com a namorada. Fala com o The Guy com um ar intimidante e algo ameaçador, que tenta a todo o custo sair dali antes que sobre para ele. O engraçado é que esse rapaz é um ator e tudo não passa de uma encenação. The Guy é um tipo super descontraído, chegando mesmo certa altura em que todos lhe dizem o que querem e pensam dele e ele limita-se a encolher os ombros e bola para a frente. No hard feelings.

Devo salientar um dos momentos altos do episódio: a cena de sexo gay, quase explícita. Que coragem, muito bem, HBO, não há que ter pudor! Se bem que algumas das séries desta cadeia televisiva nos tenham mesmo habituado a cenas destas, de sexo, e todos sabem a qual me refiro. A partir desta cena, o resto do episódio centra-se mais na personagem de Max, cuja participação é fantástica, e pouco vemos The Guy. Max, consumidor de drogas, finge passar por graves problemas só para poder participar nas reuniões de grupo de ajuda a viciados, para que assim possa conhecer outras pessoas. Max fala no seu vício em cristal, mas na verdade nós sabemos que as histórias que ele conta se referem à sua colega de casa, o que, de certa forma, o vai consumindo. Uma série inteligente, muito bem conseguida, aconselho-a vivamente.

Ana Galego Santos

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

monsieur spade

Recomendamos