Once Upon a Time – 05×14 – Devil’s Due
| 24 Mar, 2016

Publicidade

Como o último episódio de Once Upon a Time foi tão bom, estava com muito receio que descambasse neste. Afinal, temos tido uma temporada, no mínimo, irregular, em termos de qualidade. Quando começamos a ver um episódio nunca sabemos bem o que vai sair dali.

No entanto, o episódio foi escrito por Jane Espenson e ela é das únicas argumentistas da série que quase nunca falha. A juntar-se à talentosa artista temos Rumplestiltskin, que será sempre o vilão com lugar efetivo na nossa série e uma das melhores personagens.

Esta semana revisitámos um tema que parece não ter descanso na série: a magia tem sempre um preço. Todas as personagens já o pagaram (e bem) ao longo das quatro temporadas e meia. Mas enquanto muitas delas aprenderam as lições, Rumple continua o mesmo cobardolas narcisista sedento de poder da primeira temporada. O que ele se esquece é que tem calcanhares de Aquiles e eles neste episódio acabaram de duplicar. Quando é que percebe que a carreira de vilão não combina com casamento feliz? Será que ele nunca viu a prequela da Guerra das Estrelas?!

Enfim. Se inicialmente a ideia do Submundo não me agradava muito, estou a mudar de ideias gradualmente à medida que os habitantes da “Walking Dead Storybrooke” vão surgindo. Nunca mais me lembrei de Milah, mas a-do-rei a presença dela!!

Claro que tinha de ser Rumple a despachar as coisas. Ele deixou a tarefa de salvar o Hook para os outros (porque qual era o interesse dele em salvar alguém que o quer matar, não é?!) mas depois de dar uma espreitadela a Belle (ou assim pensávamos) algo despertou no eterno vilão. Juro que ao início pensei que ele estivesse com ciúmes do Leroy por estar a almoçar com Belle, daí ter deixado o globo.

E quem melhor para os ajudar a entrar no covil de Hades do que alguém que já foi tanto para o Hook? Rumple vai fazer uma visitinha a Milah e trata logo de a apresentar a Emma. Só lhe faltavam as pipocas para completar o seu papel de espectador. Não foi o único a adorar! Once Upon a Time é o reino das relações estranhas. Emma ter sido apaixonada tanto pelo filho de Milah como pelo amante é lin-do. Continuo a dizer que o Henry é tanto neto e filho adotivo de Hook. A-do-ro!

Já Hook estava a um passo de nadar para sempre no Rio das Almas Perdidas (quem viu o filme Hércules da Disney sabe bem o que faz aquele rio) quando Emma o salvou. Sucesso, missão cumprida! Depois pensei: bom, não foi assim tão difícil, mas ainda faltam oito episódio para a temporada acabar. E agora?

Pois, e agora que o Rumple lixou toda a gente e foi lixado à grande… Não era Belle que ele procurava no globo, mas o seu filho. E tcha-nan! Bae seguiu em frente. Mas o outro filho de Rumple está só uns andares acima dele, na Storybrooke dos vivos, bem guardado no fornito da Belle. Fantástico!

O Rumple antigo fugia dos problemas, mas o Rumple versão Senhor das Trevas matava os problemas. E foi o que fez com o feiticeiro com quem negociou a venda da poção que curaria um Bae infetado com veneno de cobra. Mas Hades não é idiota nenhum e, de alguma maneira (será por ser um deus?), descobriu o podre de Rumple. O seu segundo filho seria entregue a ele para pagar a dívida e o feiticeiro passou a dívida para o Deus dos Mortos. Rumple quer sempre estar a controlar tudo, o que o torna arrogante. Primeiro foi Zelena e agora está nas mãos de Hades. Parabéns, Rumple! Sempre a somá-las.

Não fiquei surpreendida pela razão que prendia Milah ao Submundo. Ela errou, se errou, ao abandonar o filho, mas depois de o marido lhe ter vendido um hipotético segundo filho… Bom, continua a não justificar. Só tenho pena que ela nunca possa pedir perdão pessoalmente a Baelfire. Estúpido do Rumple.

Milah teve um final trágico ao ser morta pelas mãos de Rumple, mas isso não foi o pior que o ex-marido lhe fez. Desta vez tinha mais ou menos boas razões para fazer o que fez. Fê-lo para proteger o filho, parece-me. Certo? Que confusão que isto vai dar!

 Regina ainda fez uma perninha no episódio, procurando Daniel no Submundo. Todavia, tal como Neal, também o primeiro amor de Regina encontrou a sua paz. Menos encontros estranhos por aqueles lados. E a sua magia está de volta. Yay? Nem por isso.

Visto que Hook se recusou a escolher quem ficaria no Submundo, Hades fez a tarefa por ele. As escolhidas foram Snow White, Emma Swan, Regina Mills. Portanto ninguém vai dividir corações com ninguém. Hades Desmancha-Prazeres. Se a missão começou por ser Salvamento Hook, agora tornou-se em Como Sair do Submundo em x Passos. Que os jogos comecem!

Maria Sofia Santos

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

station 19 abc

Recomendamos