Classificação

7
Interpretação
6.7
Argumento
7.5
Realização
7
Banda Sonora

Um episódio repleto de ação e emoção! Dead Man Feels No Cold apresenta-nos o culminar da história de Victor Fries e a esposa, originando a ascensão de Mr. Freeze como o conhecemos e adoramos, a tortura de Oswald nas mãos de Dr. Strange e o regresso de Bruce e Alfred!

Sabendo que Victor Fries irá preparar o resgate da sua mulher, Jim Gordon, Harvey e Capitão Barnes decidem levá-la para Arkham Asylum, usando-a como isco para capturar Fries. A ideia é extremamente estúpida, especialmente porque foi criada por um grupo de polícias ditos responsáveis e estrategas. Existem mil e uma maneiras do plano falhar: a fuga de internos (todos categorizados como altamente perigosos), a Nora ou a sua médica, a Dr.ª Thompkins (que está gravida!), ser atacada por um deles, ou o pessoal do Arkham Asylum ser congelado pelo Fries! Mas no universo de Gotham, a ideia é infalível e completamente legal.

Adiante, Fries arranja um fato, recolhe o seu material e arromba a entrada do hospital psiquiátrico, confundindo Gordon e Bullock. E é aí que, do nada, aparece Dr. Strange, que o ajuda a encontrar Nora e leva-a de volta para casa, juntamente com Lee.

Fries começa a preparar o congelamento com a sua fórmula aperfeiçoada, mas Nora sente-se culpada pelos atos do marido e, intencionalmente, troca o tubo com a fórmula congelante por um defeituoso. Em consequência disso, morre congelada. Não aguentando a perda, Fries tenta acabar com a sua própria vida, mas é salvo pelo Dr. Strange e isolado numa prisão de gelo, pois a sua tentativa de suicídio provocou uma alteração no seu ADN.

Gostei do look de Mr. Freeze depois da sua transformação. Não é ridículo nem impressionante, mas fiel ao original e bom o suficiente para o fazer passar por um intimidante vilão.

Em comparação ao episódio passado, este tem um ritmo mais rápido e contém mais cenas emotivas, principalmente com o futuro vilão Mr. Freeze. Não estava à espera da morte de Nora tão cedo, mas os escritores do episódio estão desculpados, pois a morte serviu como um incentivo de Hugo Strange para motivar Victor Fries a juntar-se a ele, utilizando a sua tecnologia criogénica por uma razão desconhecida. Esta dupla faz-me querer um dia ver uma aliança entre os grandes vilões: Penguin, Dr. Strange, Mr. Freeze, Riddler e outros. Um grupo seria pouco provável, especialmente depois da tortura a que Penguin foi submetido pela ordem de Strange.

Longe da insanidade a acontecer em Arkham, Bruce Wayne e Alfred voltam da Suiça, após o ataque da Ordem de St. Dumas. Bruce decide de vez que quer treinar intensamente para que um dia consiga trazer à justiça os crimes cometidos em Gotham, nomeadamente o assassinato dos seus pais. Achando que finalmente descobriu a identidade do malfeitor, este prepara-se para matá-lo pessoalmente. Obviamente, Alfred contraria esta decisão. Com o decorrer do tempo, gosto mais de Bruce. Este está cada vez mais fiel ao Bruce Wayne das BD’s.

O episódio também conseguiu convencer-me ainda mais de que BD Wong foi uma ótima escolha para Dr. Strange! Desde o olhar ligeiramente demente à maneira assustadora como diz as suas falas, BD Wong quase rouba o lugar de Robin Lord Taylor como um dos meus atores favoritos em Gotham. Espero que aproveitem a personagem ao máximo e até não ficaria surpresa se o tornassem num regular, aterrorizando Gotham e os seus heróis!

Cátia Neto