The Shannara Chronicles – 01×05 – Reaper
| 30 Jan, 2016

Publicidade

Contém SPOILERS!

Já chegou mais um episódio de The Shannara Chronicles e com bastantes reviravoltas! No entanto, o enredo continua a ser desenvolvido para uma série vincadamente juvenil e por muitos twists que nos sejam apresentados, o desenlace acaba por ser algo previsível, o que me deixa um pouco frustrado.

Tivemos um flashback que acabou por consolidar as parcas informações que conhecíamos sobre a guerra com os gnomos e a morte do pai de Amberle. Amberle era ainda pequena e já apresentava uma personalidade destemida e desafiante. Vemo-la a invadir o salão sagrado onde toca no Ellcrys… afinal, a princesa já havia sido escolhida há muito tempo para salvadora da árvore sagrada. Já Ander, o príncipe mais novo, apresentava uma faceta de jovem inconsequente. É o príncipe o causador da invasão de gnomos que mata o príncipe herdeiro, Aine. Ander tinha um caso com a atual namorada do irmão, Arion. É depois de um dos encontros secretos que os gnomos o seguem e invadem o palácio.

Por seu lado, Allanon assume o cargo de druida experiente e decide ensinar Bandon a domar o seu dom. Leva-o até ao Ellcrys para que este consiga comunicar com Amberle, mas nem tudo corre conforme esperado e a mente de Bandon torna-se prisioneira de Dagda Mor. É aqui que se prova que o rei dos demónios é demasiado poderoso para o nosso grupo de heróis e muito terá de ser feito se o querem derrotar.

A viagem de Will, Amberle e Eretria é imprevisivelmente previsível. Sabendo que este trio concentra o protagonismo da série, o mais certo é que, por muitos problemas que cruzem o seu caminho, haverão sempre por dar a volta por cima. A viagem nunca seria fácil ou a série perderia toda a piada. Assim que param para passar a noite, Cephelo e os seus rovers chegam para roubar as pedras élficas de Will e levam consigo Eretria e Amberle. Com a promessa paga, Eretria parte em liberdade. Mas talvez a consciência lhe pese e ela regressa para libertar a princesa e acaba ainda por salvar Will e os guardas que acompanham os nossos aventureiros. Eretria tem-se revelado a personagem mais inconstante até agora. Ora ajuda Will, ora o trama… Mas este episódio revelou que a  rover não é má de todo e poderá ter um papel essencial para o desenlace da temporada.

A parte interessante é que, apesar de tudo, Cephelo facilmente se junta aos nossos heróis para derrotarem um dos demónios de Dagda Mor.

Por fim, em Arborlon, a demónio Chageling toma medidas drásticas para que Dagda Mor não o elimine. Sentindo-se rejeitada pelo seu mestre, propõe-se a semear a discórdia entre Allanon e a família real. Como? Matando o rei e assumindo o seu lugar! Por momentos, acreditei que o próprio Arion tinha matado o pai. Mas a cena acaba por ter um aspeto muito mal explicado… o rei fica morto ali no chão? Como é que o impostor vai justificar aquele cadáver com a aparência do rei?

Questões em análise:

  • Eretria vai deixar de trair Amberle e Will? Como se vai desenvolver este trio amoroso? Todos eles se sentem desconfortáveis com a situação!
  • Irá Cephelo, em nome da sua obsessão pela magia, acompanhar os nossos heróis? Ou irá traí-los para obter as pedras élficas?
  • Arion está cada vez mais longe do trono! Irão descobrir que o rei Aventine está morto? Como?
  • Afinal onde fica o safehold?
  • Quero conhecer mais sobre Dagda Mor! Para quando um episódio sobre ele?
  • Irá Allanon conseguir libertar Bandon do domínio de Dagda Mor?
  • Ander, Diana e o rei dos gnomos partiram numa missão misteriosa! Qual o plano de Ander para ajudar Amberle a derrotar o rei dos demónios?

Rui André Pereira

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

monsieur spade

Recomendamos