Supergirl – 01×08 – Hostile Takeover
| 29 Dez, 2015

Publicidade

Quando um vilão não passa de um ser humano desprezível, não é fácil pegarmos em nós e irmos à luta sem nunca olhar para trás, a não ser quando se trata de família, quando dita família nos era tão próxima num passado do qual sentimos tanta falta.

Astra é, sem dúvida, a vilã da temporada, mas ainda não teve tempo de antena o suficiente para sentirmos alguma coisa sobre isto. Este episódio mostrou muito da relação das duas. Eram muito próximas em Krypton e Astra continua a adorar a sobrinha mesmo estando em lados opostos. A admiração que Kara sempre nutriu pela mãe vacila quando Astra lhe conta que a mãe ignorou os seus avisos sobre a iminente destruição do planeta e que usou Kara para apanhar Astra e colocá-la na cadeia. Astra deixou-se capturar por Kara para plantar a dúvida na alma da sobrinha e conseguiu-o.

E se Kara tem de lidar com o conflito emocional na sua vida dupla, as coisas na CatCo também não estão fáceis quando os e-mails de Cat são revelados ao mundo. Nada de novo. Hacking é o crime da moda, mas foi a reação de Cat e as suas tiradas que tornaram a história muito melhor. Ela passou da personagem irritante do piloto a uma das melhores da série em tempo recorde.

Apesar de todo o seu desdém, ela sabe com quem contar dentro da sua empresa. Mesmo sem conseguir acertar uma única vez nos nomes de Winn e Kara, é com eles e James que ela pode contar. O seu próprio Conselho afasta-a da spotlight, mas Cat não sai sem dar um pouco de luta. Afinal, os e-mails apenas e só revelaram que Cat é a cabra que deixa transparecer. Implacável e complicada. Que esconde um lado mais bondoso.

O caso de Cat foi fácil para Kara graças aos seus poderes. Descobre quem foi o autor dos leaks e apanhá-lo foi simples com a ajuda dos amigos. O melhor que saiu desta história foi a descoberta de que Cat tem um filho algures e que vai ser representado por Blake Jenner. E, obviamente, o momento deste mid-season finale… Quando percebemos que há muito que Cat sabia que Kara é a Supergirl. Sabíamos que era uma questão de tempo até ela se aperceber. Ela era a única pessoa que era tão próxima de Kara como da Supergirl que ainda não sabia do segredo. Como vai ser agora? Como vai ser a relação das duas a partir daqui? Será que Cat vai conseguir continuar a guardar o segredo depois do confronto? Será que se vai integrar no grupinho da CatCo da luta contra o crime?

No final, Kara junta-se ao DEO na luta contra os kryptonians na Lord Technologies, depois de ter sido motivada pela chefe. Assim, o episódio acaba com outro cliffhanger. Tal como disse, estes vilões apareceram pouco para nos interessarmos a sério com o que vai acontecer a seguir.

Maria Sofia Santos

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

Clãs da Galiza Clanes Netflix

Recomendamos