Limitless – 01×06 – Side Effects May Include…
| 02 Nov, 2015

Publicidade

A vontade do mundo mudar e a necessidade de líderes…

O sexto episódio de Limitless ficou marcado como o mais dramático até ao momento e pelo regresso de Eddie Morra (Bradley Cooper). A forma como os efeitos secundários do NZT foram caracterizados foi bem negra e extraordinária, dando-nos uma imagem diferente deste mundo. Para além disso, o episódio não precisou de nenhum caso da semana como suporte, que só viria atrapalhar e tirar o foco da história principal.

Seguindo os eventos imediatos do final do episódio da semana passada, Brian entregou a Rebecca os ficheiros que o FBI tinha sobre o pai dela e as coisas correram melhor do que estava à espera. A confiança entre Rebecca e Brian foi crescendo a tal ponto que Brian não acabou na prisão. De facto, Rebecca pediu-lhe ajuda para continuar a investigar o mistério do NZT e o envolvimento do pai dela.

De forma a recolher informações, Brian, com o nome de Mike Ikerson (ah ah ah), decide internar-se numa clínica de reabilitação onde Conrad Harris tinha estado (apesar da história ser focada em assuntos sérios, os planos de Brian continuam a transparecer bom humor e um clima leve. A estadia dele na clínica fez-me lembrar quando House também esteve na reabilitação). Aí descobre uma ligação de Conrad com o cientista Andrew Epperly. Rebecca encontra-se então com Epperly e por um momento pensamos que possa ser este o criador do NZT, mas final Epperly apenas recebeu a fórmula começou a usá-la para tentar tratar problemas de demência e mais tarde de dependência. Ele revela também a Rebecca que acha que Conrad começou a distribuir NZT pela cidade, mas de repente os utilizadores da droga, assim como o NZT, começaram a desaparecer sem deixar rasto. Quem criou afinal o NZT? E porquê enviar a fórmula assim?

Jake McDorman tem uma prestação incrível ao demonstrar os efeitos secundários do NZT. A maquilhagem ajuda muito a percebermos a progressão dos efeitos devastadores e mesmo o mundo dourado característico do efeito de NZT fica mais baço. No filme conseguimos ter alguma noção destes efeitos secundários, mas neste episódio ficamos bem a perceber que sem a injecção de imunidade, o NZT não vale o esforço. Para receber uma nova injeção de imunidade, Mr. Sands diz a Brian que este tem que livrar-se de Rebecca, a curiosidade dela pelo NZT não é desejada nos planos de Sands/Morra. É muito interessante a discussão entre os dois Brians sobre as formas como podiam tentar dar a volta a Eddie Morra e, no fim, Brian consegue arranjar maneira de entrar em contacto com Eddie e não trai Rebecca. Também gostei do dilema de Brian em tomar as pílulas de NZT quando começam os efeitos secundários, pois por um lado cada pílula iria piorar a sua situação, mas sem elas ele não teria a inteligência necessária para arranjar uma solução.

O reencontro com Eddie foi tudo o que podíamos estar à espera. Bradley Cooper não desilude no seu papel. Ficamos a saber que uma parte dos grandes planos de Morra é sobre… arroz (surpresa!). O discurso de Eddie é realmente motivador e no fim diz que tudo aquilo foi um teste e que ele espera que Brian seja alguém com carácter que o possa ajudar a liderar um novo mundo. Como gesto de boa fé até deu 5 comprimidos de NZT a Brian para usar quando lhe apetecer (hm, agora temos 5 momentos porque que esperar, até faz lembrar os estalos do Marshall em How I Met Your Mother). No entanto, após ter ameaçado a família, a colega e o ter deixado sofrer mesmo até às últimas, não parece alguém com quem se queira fazer uma sociedade. E a questão mantém-se, será Eddie o herói ou o vilão?

E com a cena final de Sands a rebentar com Epperly, terá sido ele responsável pelos outros desaparecimentos dos consumidores de NZT? Terá tido alguma coisa a ver com o pai de Rebecca? E tudo isto são ordens de Eddie ou Sands age por conta própria a pensar que está a proteger Morra?

Rebecca e Naz ainda têm um subplot neste episódio, com uns jogos de guerra do FBI. O importante aqui foi Naz considerar Rebecca a sua protegida e esta consegue impressionar até o próprio director do FBI, embora tenhamos que esperar para ver no que isso vai dar. E Naz sabe agora que Rebecca viu os ficheiros sobre o pai (e que Brian teve algo a ver com isso).

Emanuel Candeias

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

Clãs da Galiza Clanes Netflix

Recomendamos