Classificação

8
Interpretação
7
Argumento
7
Realização
7.5
Banda Sonora

A mid-season finale de Gotham aproxima-se: Theo Galavan, que finalmente revela ser um Dumas (e perito em artes marciais), está atrás de Bruce com o intuito de o levar para ser sacrificado e Gordon e Bullock investigam o novo culto que chegou à cidade de Gotham e a sua conexão com os Galavan.

Em “Son of Gotham”, não há muito o que se discutir. Tendo em conta que geralmente os últimos episódios antes das finales são os mais emocionantes da temporada, o episódio progrediu mais lentamente que o esperado, mas não significa que tem falta de pontos a destacar!

Comecemos com a minha parte favorita do episódio: Selina, sabendo que pode provar as verdadeiras intenções de Silver St. Cloud, decide ajudar Bruce a arquitetar um plano para descobrirem a identidade do assassino dos Wayne. Bruce faz então um acordo com Silver: o milionário propõe pagar todas as despesas relativamente à sua situação com a lei, oferecendo “o melhor advogado que o dinheiro pode pagar”, em troca do nome de quem matou os seus pais. Silver aceita o acordo e no fim das aulas diz a Bruce que o tio também aceita o acordo. No princípio, o plano parece inofensivo, mas eficaz o suficiente para pensar que Bruce ia facilmente descobrir o grande mistério da série. No entanto, quando Silver procura por Bruce para lhe dizer as boas notícias, os dois são levados por um homem que se intitula The Knife (A Faca) e que diz estar encarregado de que nenhum segredo da Wayne Enterprises vaze.

Silver, que é uma pirralha tão má quanto os tios, mostra a sua verdadeira faceta logo depois de Bruce Wayne ter sido levado da divisão onde são mantidos em cativeiro. É aí que descobrimos que o sequestro foi encenado pelo próprio Bruce (com o incentivo de Selina), com o intuito de assustar Silver até revelar o nome do dito cujo que atirou sobre os Wayne. Há dois episódios atrás, Bruce mostrou os primeiros sinais de amadurecimento, mas nunca agiu de forma tão semelhante ao Batman quanto em “Son of Gotham”.

Obviamente Alfred não participou na confeção do plano de Bruce e Selina, mas teve uma luta bem intensa com Tabatha na antiga casa dos Galavan, enquanto procurava por Bruce. No entanto, desaparece outra vez quando Galavan, depois de ter sido inocentado pelas acusações de raptar e torturar o Presidente da Câmara, vai à mansão Wayne e prepara-se para se vingar da família que envergonhou os Dumas.

Algures em Gotham, Gordon e Bullock continuam a procurar de onde Galavan veio, tendo descoberto a existência da Ordem St. Dumas e dos meta-humanos que os servem. No próximo episódio é de esperar que Gordon, Alfred ou Selina irão salvar Bruce das mãos dos membros da Ordem.

Em geral, “Son of Gotham” foi um bom episódio. Houve desenvolvimento de caráter por parte de certos personagens, cenas emocionantes, mas parece deixar o melhor para o fim (espero eu). Que chegue logo o próximo episódio, “Worse Than a Crime”!

Cátia Neto