Empire – 02×07 – True Love Never
| 13 Nov, 2015

Publicidade

Aposto que já estão a bater com o pé no chão a ouvir os novos êxitos de Empire no Youtube! Pois bem, a música, a mística e o drama estão de volta num novo episódio que nos remete para origens, amor e, claro, a já típica família.

“True Love Never” começa com Cookie e Laz envoltos num clima sedutor e de muito romance, num dia aparentemente calmo e sem grandes acontecimentos. Jamal, para compor a sua música, pede ajuda a Cookie, mas é preciso não esquecer que ambos trabalham para companhias rivais o que, para Lucious e Hakeem, pode significar uma nova guerra. Em segredo, Cookie vai construindo uma vida feliz que, infelizmente, sabemos já que é temporária. Nisto, Hakeem pede ajuda a Tiana para fazer com que a sua nova paixoneta (Raquel Castro) ganhe um pouco de personalidade e se consiga afirmar no grupo das Mirage-à-trois, enquanto que Andre enfrenta algumas investidas na gestão de Empire que o fragilizam a novas recaídas. Mas é em Lucious que nos vamos focar.

O patriarca da empresa discográfica mais famosa da televisão tem tido, com alguma frequência, flashbacks do seu tempo de infância em que temos um pequeno vislumbre de que a sua mãe (Kelly Rowland) sofria de algum tipo de esquizofrenia. Mesmo não sendo muito elucidativos, os flashbacks acabam por suscitar alguma compreensão para com a personalidade execrável de Lucious e, no ménage-à-trois mais constrangedor da história da televisão, o papá Lyon tem uma epifania que o faz criar o seu tema mais cru e visceral que promete fazer o sucesso por todo o globo.

É com “Boom boom boom boom, bang bang bang bang” que vamos trauteando e digerindo os novos acontecimentos de Empire. Não só a série continua a apalpar terreno para acontecimentos interessantes, como aposta no talento dos seus atores (pelo menos na sua maioria). Uma até-agora-embaciada Marisa Tomei revela algumas facetas da sua personagem que ainda não tínhamos conhecido e percebemos o porquê de ela ser uma aliada estratégica de Lucious, ao mesmo tempo que vemos uma Taraji de sorrisos abundantes o que, para nós, é também uma novidade. Cookie está radiante de felicidade, numa relação amorosa estável e com o negócio na ribalta, e até mesmo com a aproximação de Jamal, o que a ilude face a um problema que está literalmente na cama com ela. Mas acima de tudo, Empire mostra que ainda consegue conduzir uma boa novela com os elementos com que foi criada, especialmente através de música abundante e que se torna catchy mesmo para quem não é fã do género. Terrence Howard está também em destaque e o seu talento dispensa qualquer apresentação e Adam Rodriguez, ainda que com o tempo de antena reduzido, também parece ter abraçado o seu papel com convicção.

A maior lacuna desta temporada reside em Annika, cujo papel ainda não entendemos bem onde se encaixa no novo arco narrativo. É uma pena desperdiçarem um talento fresco como o de Grace Gealey mas, de facto, ela está a mais numa história que a isolou por completo. E, já agora, criou-se tanto mistério com Jameson, o que é feito dele? Estas respostas podem chegar mais tarde, é certo, mas esperemos que de tanto quererem colocar novas linhas de história não se percam entretanto. Tirando estes aspetos, “True Love Never” é um episódio divertido e que continua a mostrar que o enredo de Empire consegue ser “boom boom boom boom, bang bang bang bang”.

Jorge Lestre

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

the boys 4 homelander poster prime video

Recomendamos