Arrow – 04×04 – Beyond Redemption
| 04 Nov, 2015

Publicidade

CONTÉM SPOILERS.

Mais um episódio de Arrow e desta vez, apesar de ter sido de uma forma subtil, o episódio é um pouco dedicado ao Detetive Lance e às razões por detrás da sua decisão de se aliar a Damian Darhk.

Enquanto isso, Laurel continua a esconder que a irmã está de volta a Star City – e só conta a Lance da sua localização – determinada a trazê-la de volta.

Por outro lado, Oliver e o seu rumo à presidência de Star City continua.  Estou a gostar de ver este lado mais calmo e sereno de Oliver. Parece que finalmente vê as coisas com alguma claridade. E adorei o facto da Thea ter remodelado o escritório todo para estar pronto para a campanha dele e de que Cisco e os S.T.A.R. labs foram responsáveis por ajudar a reconstruir o Lair 3.0 da equipa. Tanto estes pequenos gestos como a forma como Oliver se apresenta com eles todos faz-me pensar que já ultrapassámos a fase de ‘Eu sou o Oliver Queen e sou um solitário infeliz’, o que me deixa muito feliz e com alguma esperança para esta temporada no que concerne ao desenvolvimento dos personagens!

Felicity continua a ser interpelada no telemóvel por uma data de código esquisitos que teimam em aparecer e escrever o seu nome. Será Ray Palmer a tentar avisar que está vivo? Hmmm. Enfim, as coisas parecem estar a ganhar forma!

Neste episódio o dilema é, aparentemente, um grupo de polícias revoltados com o caos que está Star City e desistem de cumprir com o seu dever de protetores da cidade e praticar uns poucos crimes para próprio proveito. Venha a ironia de que este é o episódio em que Quentin Lance prova que não é um vendido a Damian Darhk e que chega a um ponto de rutura gigante quando Damian tenta instigá-lo a acabar com a vida de Sara e ele decide que isto é algo que não é capaz de fazer; que não tem o coração frio o suficiente para isto.

 Nesta cena em que Lance vai pedir ajuda ao Darhk percebemos que Damian foi membro da Liga dos Assassinos, o que pode ser também um indicativo de como ele tem acesso a esta magia que lhe dá as capacidades suprahumanas que tem.

Durante o episódio vemos um bocadinho mais dos flashbacks, mas ainda não consigo perceber o que é que estes flashbacks têm a ver com a história do presente, ou sequer porque razão Amanda mandou Oliver para Lian Yu outra vez. Alguém tem alguma teoria?

No edifício da Palmer Tech, Felicity confronta Curtis, acusando-o de andar a mexer com o telemóvel dela. Curtis insiste que não tem nada a ver com isso. mas depressa se propõe a investigar e descobre que se trata de tecnologia antiga associada ao fato A.T.O.M. de Ray. Felicity começa por se recusar a saber do que se trata, mas cede quando Curtis a chama à razão. Será no próximo episódio que vamos ter A.T.O.M. de volta?

Deixo o final dos meus comentários para o ponto fulcral deste episódio: a viragem de Lance. Quando Oliver descobre que Lance está associado ao Damian, passa-se (óbvio) e se parte dele está desiludido com o facto de Lance ter comprometido a sua identidade, outra parte sente-se seguro de que ele já não é mais um miúdo que precisa de provar-se ao Lance, que todos falham.

Óbvio que Oliver acaba por desculpar o detetive porque percebe que foi um ato de desespero e decide contar com a ajuda dele: Lance vai continuar em conluio com Damian Darhk como espião para a Arrow Team. Puxando um bocadinho ao primeiro episódio: e se o homem na lápide for Quentin Lance? Que se queimou de tanto se encostar à fogueira? Ah, conspiração!

Uma cena que mostra a mudança de carácter de Oliver é quando ele de livre vontade leva Lance ao Lair 3.0. e conseguimos perceber que o conceito de equipa está cada vez mais presente nesta série. Até porque Oliver precisa do apoio da SCPD para a sua campanha, não é?

O episódio termina em tons de esperança, com Oliver a fazer um discurso de campanha com uma mensagem de proteção e com o intuito de reavivar Star City.

Ah, e não me esqueci: A Sara soltou-se? Ai que vai haver buraco! Que acham que vai acontecer? Óbvio que o resto da equipa vai descobrir que ela está de volta… Quem acham que vai reagir pior? Apostas a postos!

Joana Henriques Pereira

Publicidade

Populares

estreias calendário séries março 2024

interview with the vampire

Recomendamos