Gotham – 02×05 – Scarification
| 23 Out, 2015

Publicidade

Contém spoilers!

Em “Scarification”, Jim Gordon e Nathaniel Barnes continuam a combater o império de Penguin, enquanto este planeia uma maneira de resgatar a mãe. Entretanto, a grande motivação do interesse de Galavan por Bruce Wayne é revelada e mais uma vilã nasce na cidade de Gotham.

Desde o fim da primeira temporada que Gotham se tem estado afastado da fórmula “vilão da semana: a origem” e decidiu focar-se no desenvolvimento dos existentes vilões. Porém, em “Scarification” assistimos ao nascimento de Firefly. Este vilão piromaníaco da banda desenhada, que já foi levado ao pequeno ecrã há quase três anos em Arrow (interpretado por Andrew Dunbar), aparece em Gotham. A segunda reencarnação deste vilão é materializada por uma mulher denominada Bridgit, que (ironicamente) teme o fogo, mas acaba por se envolver num esquema, orquestrado pelo Galavan, onde incendeia vários edifícios.

Gostei da nova vilã, apesar de não durar muito tempo nesta temporada. É mais interessante que a Tabitha, que não faz nada para além de servir o irmão e divertir-se a torturar políticos – a rapariga é vulnerável e habilidosa o suficiente para construir um fato à prova de fogo decente! Como é amiga de Selina, é de esperar que se torne rebelde e numa verdadeira vilã, mas como a própria Catwoman ultimamente tem estado a questionar os seus princípios, talvez vejamos uma versão benévola do Firefly.

O elemento mais importante do episódio é a descoberta do plano de Galavan contra Bruce Wayne: afinal quer ganhar a confiança dele para depois o apunhalar literalmente nas costas. De acordo com uma antiga história envolvendo a família Galavan, que antes tinha o nome de Dumas, um membro da família Wayne acusou um dos Dumas de violação e sem pensar duas vezes os Wayne obrigam a família Dumas a viver como monges e serem desprovidos de qualquer riqueza. Séculos depois. Theo Galavan volta a Gotham com espírito de vingança e, com uma ajudinha da Bridgit, dos irmãos e de Penguim, consegue o punhal que foi usado no castigo dos Dumas. A origem de Galavan é finalmente revelada! Apesar da Ordem de St. Dumas também existir nos quadrinhos, ainda quero muito uma ligação entre Theo e a Court of Owls! A minha questão é: se Galavan é um monge e tem somente o objetivo de se vingar dos Wayne, porque é que corre atrás do cargo de presidente da câmara? O monge que conversou com ele na cena final do episódio até comenta a ostentação em que atualmente vive, mas Galavan diz que é um mal necessário. Se calhar pensou que Bruce Wayne somente falaria com outros milionários…

Outra parte do episódio que me interessou foi o Edward Nygma. Os transtornos mentais de Nygma parecem começar a melhorar com o seu relacionamento com Miss Kringle. Apesar de estar feliz por Nygma ter conseguido a rapariga de quem gosta há séculos, a sua paixoneta pela Kristen afasta-o do seu verdadeiro destino como Riddler!

Veredito final: “Scarification” entreteve-me, prometeu mais ação e caos nas próximas semanas e terá servido como um teaser do resto da temporada, tanto em relação aos planos de Galavan como na ascensão dos vilões!

 

Cátia Neto

 

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

station 19 abc

Recomendamos